Pular para o conteúdo Pular para a barra lateral do Vá para o rodapé

Pfizer estaria “chantageando” governos sul-americanos na venda de vacinas

A Pfizer pediu a alguns países que colocassem seus ativos soberanos —que incluem edifícios de embaixadas e bases militares— como garantia contra o custo de futuros processos judiciais por efeitos colaterais, revela uma investigação conduzida pelo Bureau of Investigative Journalism, com sede em Londres, no Reino Unido, e pelo jornal investigativo OjoPúblico, do Peru. Um funcionário…

Leia mais