MPF denuncia Pazuello por improbidade administrativa; dano de R$ 122 milhões

MPF denuncia Pazuello por improbidade administrativa – Matéria na CNN Brasil assinada pela jornalista Rafaela Lara informa que o  Ministério Público Federal (MPF) enviou à Justiça nesta quarta-feira (30) uma ação de improbidade administrativa contra o ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello. A ação aponta quase R$ 122 milhões de dano ao erário.

Caso a Justiça aceite a ação, Pazuello se tornará réu e poderá responder por danos causados ao patrimônio público e violação aos princípios da Administração. O documento é assinado por oito procuradores e aponta seis atitudes do ex-ministro identificadas pelas investigações.

Segundo a ação, houve omissão injustificada de Pazuello na “aquisição tempestiva de vacinas para imunizar a população ainda em 2020. A adoção ilegal – e indevida – do chamado ‘tratamento precoce’ como principal ação de política pública para enfrentar o coronavírus em 2020 e 2021.”

OUTRAS NOTÍCIAS:

LEIA: Damares teve ‘caso’ com homem casado, diz blogueiro bolsonarista
LEIA: ‘Véio da Havan’ é convocado para depor na CPI: “Quem não deve não teme”
LEIA: 3J: CSB adere a ato contra Bolsonaro e convoca trabalhadores
LEIA: Luis Miranda diz que áudio é ‘falso’ e que vai pedir prisão de PM
LEIA: Chefe da CIA é visto em Brasília e tem reunião ‘secreta’ com Bolsonaro
LEIA: Senador pede prisão em flagrante de policial após áudio suspeito na CPI

A ação relata ainda que o ex-ministro foi, injustificadamente, omisso na ampliação de testes para a população e na distribuição de milhares de kits de testes PCR, “a ponto de perderem a sua validade nos almoxarifados do Ministério da Saúde”.

O texto diz ainda que Pazuello “agiu deliberadamente para dificultar o acesso da sociedade às informações essenciais sobre a pandemia, suprimindo a publicidade de dados relevantes ao seu acompanhamento e evolução”.

OUTRAS NOTÍCIAS:

LEIA: ‘Superpedido’ de impeachment de Bolsonaro é apresentado
LEIA: Ciro Gomes: “Tem que derrubar porque Bolsonaro é um criminoso”
LEIA: Zambelli diz que abandona Bolsonaro ‘se eu souber que ele roubou’
LEIA: Governo Bolsonaro pediu propina por vacina, diz vendedor à Folha
LEIA: Ministério da Saúde suspende contrato para compra da Covaxin
LEIA: PSDB adere a manifestação contra Bolsonaro; MBL avalia adesão

“A omissão e a negligência do ex-ministro da Saúde no trato das negociações das vacinas custou caro à sociedade (que sofre os efeitos sociais de uma economia em crise e sem perspectiva de reação), à saúde da população (que amarga índices descontrolados de morbidade e mortalidade por covid-19) e ao SUS (cujos leitos de UTI Covid adulto, só no primeiro semestre de 2020, custaram R$ 42 milhões/dia ou R$ 1,27 bilhão/ mês)”, afirmam os procuradores.

Para além do prejuízo financeiro, os procuradores apontam que a conduta do ex-ministro da Saúde ocasionou “a sensação – errônea – de segurança e tranquilidade que a existência de um ‘tratamento precoce’ causou à sociedade”.

Na ação, o MPF requer ressarcimento integral do prejuízo, pagamento de multa de até duas vezes o valor do dano, perda da função pública, suspensão dos direitos políticos de cinco a oito anos e proibição de contratar com o Poder Público. O processo tramita, provisoriamente, em segredo de justiça por conter documentos protegidos por sigilo legal.

OUTRAS NOTÍCIAS:

LEIA: Governo Bolsonaro suspeita que Arthur Lira incitou Luís Miranda
LEIA: Ciro Gomes conversa com ‘Turma Boa’ em plenária do ‘Agora É Ciro’
LEIA: Planos devem R$ 3 bilhões ao SUS, valor de 58 milhões de vacinas, diz site
LEIA: Bandeira vermelha sofre reajuste de quase 100%; contas de luz vão disparar
LEIA: Polícia Federal abre investigação sobre o ‘escândalo Covaxin’
LEIA: Internautas cobram ‘sumiço’ de Lula após escândalos no governo Bolsonaro
LEIA: Bolsonaro encontrou Ricardo Barros ao menos dez vezes após denúncia

RECEBA NO SEU CELULAR AS NOTÍCIAS MAIS IMPORTANTES DO DIA

Telegram: AQUI
Whatsapp: AQUI

SE VOCÊ APOIA O IMPEAHCMENT DE JAIR BOLSONARO, ENTRE NESSES GRUPOS:

Facebook: AQUI
WhatsApp: AQUI
Telegram: AQUI
Instagram: AQUI

Luis Miranda: “Se Pazuello falasse o que me falou dentro de uma aeronave..”

O deputado federal Luis Miranda (DEM-DF) se manifestou nas redes sociais após a notícia de que a ex-mulher do ex-ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, procurou a CPI da Covid para se oferecer como possível depoente.

Leia a matéria completa aqui.

Conversa com Bolsonaro foi gravada, sugere Miranda: ‘Vai ficar ruim’

Matéria do Estadão assinada pela jornalista Camila Turtelli informa que após depor por 7 horas e meia na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid, o deputado Luis Miranda (DEM-DF) diz ter cumprido sua missão e estar tranquilo sobre a possibilidade de ser acusado de mentiroso pelo presidente da República, Jair Bolsonaro.

Leia a matéria completa aqui.

LEIA: Servidor do Ministério da Saúde depõe na CPI: “Meu partido é o SUS”

Ciro Gomes exige impeachment de Bolsonaro: ‘Vamos assistir de braços cruzados?’

O pré-candidato à presidência Ciro Gomes (PDT) foi às redes sociais na noite desta sexta-feira (26) e na manhã deste sábado (27) exigir em texto e vídeo que um processo de impeachment contra Jair Bolsonaro seja aceito na Câmara dos Deputados.

Leia a matéria completa aqui.

LEIA: Ciro Gomes ‘explode’ em pesquisa e chega a mais de 15%, diz Exame/Ideia

Impeachment de Bolsonaro: Centrão prepara desembarque, diz site

Nota de O Antagonista traz a ‘bomba’: “Em privado, chefões do Centrão já admitem a possibilidade de abandonar em breve o barco do governo”.

Leia a matéria completa aqui.

Indígenas recusam vacina após ação de pastores: “Marca da Besta”

Matéria do UOL assinada pelo jornalista Wanderley Preite Sobrinho informa que missionários evangélicos têm espalhado mentiras sobre a vacina contra a covid-19 em aldeias na região Norte do Brasil, segundo requerimento entregue à CPI da Covid.

Leia a matéria completa aqui.

LEIA: Daniel Silveira é preso de novo após tirar tornozeleira 30 vezes

Compartilhe

Written by:

1.690 Posts

Siga nossas redes! https://linktr.ee/brasilindependente
View All Posts
Follow Me :

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.