Bolsonaro exclui Mourão de reunião ministerial e gera mal-estar

Além de atritos com vice, presidente já disse acreditar que general vaza à imprensa informações desses encontros

Bolsonaro e Mourão estão cada vez mais distantes um do outro / Foto: Alessandro Dantas/Fotos Públicas

Em mais um episódio de desgaste, o presidente Jair Bolsonaro promoveu nesta terça-feira (9) uma reunião ministerial no Palácio do Planalto sem a presença do vice-presidente, o general Hamilton Mourão.

O encontro, que não foi incluído inicialmente na agenda oficial da Presidência, reuniu 22 dos 23 ministros do governo. O único ausente foi o titular das Comunicações, Fábio Faria, que está em agenda no exterior.

Segundo assessores palacianos, Bolsonaro avisou do encontro de maneira individual a cada uma das pastas, evitando assim convocar uma reunião do conselho de governo, justamente para não precisar convidar Mourão.

“Não fui convidado, não fui chamado. Então, acredito que o presidente julgou que era desnecessária a minha presença. Só isso. Não estou incomodado, não”, disse Mourão.

Bolsonaro não pretende disputar a reeleição em 2022 com o general da reserva como o seu candidato a vice-presidente. A intenção foi verbalizada pelo presidente a três aliados, que relataram à reportagem o conteúdo das conversas reservadas com Bolsonaro.

Segundo eles, o presidente disse que deseja escolher outro nome para a sua chapa eleitoral e ressaltou que não conseguiu estabelecer uma relação de completa confiança com o militar.

Nas palavras de um dos aliados, Bolsonaro afirmou que é preciso encontrar uma solução para o posto de vice-presidente e acrescentou que Mourão de novo “não dá”, segundo os relatos.

Fonte: Folha de S. Paulo

Compartilhe

Written by:

1.631 Posts

Siga nossas redes! https://linktr.ee/brasilindependente
View All Posts
Follow Me :

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.