Vídeo: Bolsonaro é alvo de panelaços durante discurso em rede nacional

Bolsonaro é alvo de panelaços – Quatro dias após manifestações de rua pelo país, o presidente Jair Bolsonaro foi alvo de panelaços em diversas cidades do país, incluindo capitais como São Paulo e Rio, na noite desta quarta (2), durante pronunciamento em rede nacional de TV.

Na capital paulista, houve panelaço em bairros como Santa Cecília (região central), Perdizes (zona oeste), Tatuapé (zona leste), Santana (zona norte) e Saúde (zona sul).

ASSISTA: Vídeo: Médica dá ‘aula’ de ciência e saúde pública a senador na CPI da Covid
ASSISTA: Vídeo: Senador ‘janta’ médica bolsonarista na CPI da Covid: “Nem estudou!”

Pelo Brasil, também foram registrados em capitais como Recife, Salvador, Porto Alegre e Belo Horizonte. Em Brasília, na Asa Norte, houve ainda gritos de “fora” e “genocida”.

Esse tipo de protesto contra o presidente tem ocorrido desde março de 2020, quando foi declarada a pandemia do coronavírus, principalmente em ocasiões em que Bolsonaro faz declarações na TV.

LEIA: Médica na CPI: “Estamos escolhendo de qual borda da Terra Plana pular”
ASSISTA: Vídeo: Presidente da CPI caçoa de ‘cabra’ que “vem falar uma merda dessas”

A gestão da crise sanitária pelo governo e a demora na aquisição de vacinas contra a Covid-19 têm sido a principal motivação para os panelaços. Nesta quarta, o país atingiu a marca de 467 mil mortes pela doença.

Pesquisa do Datafolha, feita entre os dias 11 e 12 de maio, mostrou que Bolsonaro está com a sua mais baixa taxa de apoio no mandato —24%. Questionados sobre a corrida eleitoral de 2022, 54% dos entrevistados pelo instituto disseram que não votarão no atual presidente de jeito nenhum.

Assista:

Bolsonaro tem sido pressionado também pela CPI da Covid, que apura falhas de sua administração na resposta à pandemia.

No último sábado (29), grupos de oposição, liderados por centrais sindicais e partidos de esquerda, decidiram ir às ruas, mesmo com o risco de disseminação da doença, para protestar contra o presidente. Houve manifestações em todas as capitais estaduais, e novos atos já estão sendo convocados para o dia 19 deste mês.

Nesta semana, o presidente voltou a provocar críticas da oposição ao articular a realização no Brasil da Copa América, que iria ser sediada pela Argentina e pela Colômbia nas próximas semanas.

Fonte: Folha de S. Paulo

Martha Rocha e Freixo lideram corrida pelo governo do RJ

A delegada Martha Rocha (PDT) e o deputado federal Marcelo Freixo (PSOL) lideram a corrida pelo governo do Rio de Janeiro (RJ), de acordo com pesquisa realizada pelo instituto Paraná Pesquisas entre os dias 28 de maio e 1º de junho.

Leia a matéria completa aqui.

LEIA: PF faz operação contra empresário e é recebida a tiros no Amazonas

Opinião: Bolsonaro zomba dos pobres e dos insatisfeitos

Jair Bolsonaro resolveu debochar das cobranças pela prorrogação do auxílio emergencial. Com o país à beira de mais um ciclo mortífero, o presidente disse que não tem culpa pela “situação difícil em que se encontra a população”, uma vez que não é o responsável pelas medidas de restrição implantadas até aqui.

Leia a matéria completa aqui.

LEIA: Mandetta: Nise Yamaguchi era ‘urubu’ que queria alterar bula da cloroquina

Cidadania aciona PGR contra Bolsonaro e Pazuello por recusa de vacinas

O Cidadania entrou com representação, na última semana, na Procuradoria-Geral da República contra o presidente Jair Bolsonaro e o ex-ministro Eduardo Pazuello por prevaricação e improbidade administrativa no enfrentamento da pandemia com base no depoimento do diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, à CPI da Covid.

Leia a matéria completa aqui.

LEIA: PDT convida senador Fabiano Contarato e frustra PT e Lula

EUA vai executar presos com mesmo gás usado por nazistas

O estado do Arizona , nos Estados Unidos, está armazenando gases letais antes da retomada das execuções planejadas dos presos que estão no corredor da morte . Um dos gases é o Zyklon B , usado pelos nazistas para matar quase um milhão de judeus em Auschwitz.

Leia a matéria completa aqui.

Retomada? PIB cresce 1,2% e atinge nível pré-pandemia

O PIB (Produto Interno Bruto) brasileiro cresceu 1,2% no 1º trimestre de 2021 em comparação com o 4º do ano passado. O resultado garantiu o retorno do PIB ao nível pré-pandemia de covid-19. Os dados divulgados pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) surpreenderam economistas, mas são vistos com cautela, já que a retomada econômica mais sólida neste ano ainda depende de alguns fatores: A) vanço na vacinação, B) controle da crise sanitária provocada pelo novo coronavírus e C) aquecimento do setor de serviços.

Leia a matéria completa aqui.

Veja mais notícias no BRI.

Facebook Comments Box
Compartilhe

Written by:

1.407 Posts

View All Posts
Follow Me :

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *