Tabata Amaral vota a pela reabertura de escolas na pandemia; Frota vota contra

A deputada federal Tabata Amaral (PDT-SP) votou pela reabertura de escolas durante a pandemia de coronavírus nesta terça-feira (13), na Câmara dos Deputados. Alexandre Frota votou contra o texto do Projeto de Lei Nº 5595/2020, de autoria da deputada Paula Belmonte (Cidadania/DF), que passa a considerar a educação como “atividade essencial” e assim autoriza o retorno das atividades escolares em caráter presencial. A proposta foi aprovada.

O objetivo principal é atentar às demandas das escolas privadas, capitaneado pelo “Movimento Escolas Abertas” e entidades sindicais patronais e que reúnem os donos de escolas e universidades privadas. Como se sabe, com a pandemia e o consequente fechamento das instituições para conter o espraiamento do vírus, a inadimplência e a transferência de alunos para a rede pública aumentaram consideravelmente.

Não à toa os representantes desse fração da elite na Câmara dos Deputados deram seu voto “sim” ao projeto, como Tabata Amaral. Alexandre Frota, aliás, votou contra.

O número de alunos que migrou para escolas públicas de março a dezembro de 2020 no estado de SP foi de 15.615, representando um aumento de 44,4%, segundo a Secretaria Estadual de Educação. Com relação à inadimplência no Ensino Superior, no ano de 2020 houve um aumento de 47,7% em relação a 2019, de acordo com dados do Instituto Semesp, que representa as empresas do setor.

De acordo com o projeto aprovado, escolas e universidades serão abertas “inclusive durante enfrentamento de pandemia, de emergência e de calamidade pública”. Na tentativa de amenizar este absurdo, o artigo 2o só permite suspender as aulas em “situações excepcionais cujas restrições sejam fundamentadas em critérios técnicos e científicos devidamente comprovados”.

Ou seja, ao frigir dos ovos, médicos defensores de cloroquina e outros absurdos poderão dar pareceres liberando as aulas.

Tabata Amaral e o PDT

Rompida com o PDT desde que desrespeitou a decisão do partido de fechar questão contra a reforma da previdência, Tabata Amaral pede, desde 2019, que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) lhe dê “justa causa” para deixar a sigla.

Fonte: Folha Impacto

Site ligado a Lula publica texto contrário à CPI da Covid e impeachment de Bolsonaro

O site Brasil 247, ligado ao lulopetismo, publicou um texto na noite desta segunda-feira (12) contrário à instalação da CPI da Covid e a um possível impeachment de Jair Bolsonaro (sem partido), sob o argumento de que a CPI e o impeachment “podem adiar eleição e golpear Lula”. Leia a matéria completa aqui.

Deputado do PDT propõe inserir jornalistas em grupo prioritário de vacinação

O deputado federal Dagoberto Nogueira (PDT-MS) apresentou um projeto de lei para que jornalistas sejam inseridos no grupo prioritário de vacinação contra a covid-19. O texto argumenta que os profissionais da imprensa desempenham atividades essenciais à população durante a pandemia e estão expostos a alto risco de contágio. Leia a matéria completa aqui.

Ciro Gomes: ‘Esquerda envelhecida, como diz Belchior, é uma roupa que não nos serve mais’

“Entre nós, a vacinação que deflagra a onda de alegria e renascença está muito lenta. Mas também por aqui aquilo que sempre foi a antena do pensamento progressista está envelhecido, sem ideias, tomado de sentimento de vingança ou de uma gratidão a um passado que, como diz Belchior, é uma roupa que não nos serve mais. Mas a onda de alegria que vem por aí será tão arrebatadora e comovente que a todos (menos ao quase meio milhão de mortos que choraremos para sempre) arrastará. Saiam da frente velhacos, bruxos, charlatães, ególatras”. Veja o texto de Ciro Gomes na íntegra aqui.

Veja mais notícias no BRI.

Compartilhe

Written by:

1.690 Posts

Siga nossas redes! https://linktr.ee/brasilindependente
View All Posts
Follow Me :

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.