PGR pede ao STF para investigar Ricardo Salles, ministro de Bolsonaro

STF vai investigar Ricardo Salles – A Procuradoria Geral da República (PGR) enviou ao Supremo Tribunal Federal (STF) um pedido de abertura de inquérito para investigar o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles. A relatora do caso será a ministra Cármen Lúcia.

O pedido foi feito com base em notícia-crime apresentada contra o ministro pelo delegado Alexandre Saraiva, da Polícia Federal do Amazonas, por suspeita de que Salles teria tentado atrapalhar a investigação sobre a maior apreensão de madeira da história e defender o interesse de madeireiros ilegais.

LEIA: Copa América: Ciro pede convocação de presidente da CBF à CPI da Covid
LEIA: Senador convoca presidente da CBF para explicar Copa América na CPI
LEIA: Presidente da CPI da Covid: “Gabinete paralelo e recusa de vacinas”

À GloboNews, a assessoria de Ricardo Salles enviou a seguinte resposta: “Será uma boa oportunidade para esclarecer todos os fatos.”

No pedido para o STF investigar Ricardo Salles, o Ministério Público informou que quer apurar se o ministro do Meio Ambiente cometeu crimes como:

  • advocacia administrativa;
  • obstar ou dificultar a fiscalização ambiental;
  • impedir ou embaraçar a investigação de infração penal que envolva organização criminosa.

ASSISTA: Vídeo: Luis Roberto diz que Copa América no Brasil é “tapa na cara dos brasileiros!”
LEIA: Deputado vai ao STF para impedir Copa América no Brasil
LEIA: Após Argentina cancelar sede por pandemia, Copa América 2021 será no Brasil

O documento enviado pela PGR ao Supremo é assinado pelo vice-procurador-geral, Humberto Jaques de Madeiros.

No fim do mês passado, Cármen Lúcia enviou à PGR pedidos de apuração apresentados em notícias-crime contra Salles, apontando que os fatos narrados são de “gravidade incontestável” e envolvem “tema de significação maior para a vida saudável do planeta, como é a questão ambiental”.

Medidas a serem adotadas

No documento enviado ao Supremo, a PGR pediu autorização para as seguintes diligências:

  • depoimento de Ricardo Salles;
  • depoimento de proprietários rurais e agentes de fiscalização do Ibama e da PF relacionados à Operação Handroanthus;
  • cópia digitalizada da integralidade dos procedimentos de fiscalização e investigação relativos aos ilícitos ambientais.

LEIA: Thiago Manga: Marcha dos 100 mil em SP é o início do fim de Bolsonaro
LEIA: Protesto contra Bolsonaro e por vacinas em SP lota Av. Paulista

A PGR relatou ao Supremo que, no caso sob a relatoria do ministro Alexandre de Moraes, “investiga-se suposta atuação coordenada de servidores ocupantes de cargos em comissão do Ministério do Meio Ambiente, indicados por Ricardo de Aquino Salles, os quais atuariam para garantir interesses ilegítimos de empresas madeireiras”.

“Indicaram-se, naqueles autos, diversos episódios de atuação desses servidores em descompasso com as recomendações técnicas, com o objetivo de promover a regularização de cargas exportadas irregularmente e apreendidas pelas autoridades norte-americanas. Tal cenário evidencia, de forma ampla, a necessidade de aprofundamento investigativo dos fatos noticiados”, destacou a PGR.

Ainda no documento, a PGR afirma que, em manifestação ao MP, Salles chamou a notícia-crime de “infundada”, mas confirmou ter participado de reunião com empresários para tratar de assuntos relativos a uma operação da PF.

LEIA: Filho anuncia: Bolsonaro fecha com Patriota rumo a 2022
LEIA: Bolsonaro amplia crise com militares e pede que Exército não puna Pazuello
LEIA: Pazuello obrigou soldado negro a fazer papel de cavalo, diz jornal

“O comparecimento, in loco, da mencionada autoridade [Salles], bem como as suas manifestações públicas quanto a uma investigação em curso, são dados exaustivamente documentados pela autoridade policial, com registros fotográficos, a merecer os devidos esclarecimentos”, afirmou a PGR.

Operação da PF

No último dia 9, a PF deflagrou a Operação Akuanduba, que teve entre os alvos Ricardo Salles e Eduardo Bim, presidente Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama). A operação investiga exportação ilegal de madeira.

No ofício que desencadeou a operação, a Polícia Federal afirmou ao Supremo ver “fortes indícios” de que Salles esteja envolvido em um “grave esquema de facilitação ao contrabando de produtos florestais”.

LEIA: Receita Federal mira artistas e autores de novelas da Globo

Quando a operação foi deflagrada, Salles chamou a ação de “exagerada” e negou envolvimento em exportação ilegal de madeira.

“Vou fazer aqui uma manifestação de surpresa com essa operação, que eu entendo exagerada, desnecessária. Até porque todos, não só o ministro, como todos os demais que foram citados e foram incluídos nessa investigação estiveram sempre à disposição para esclarecer quaisquer questões. O Ministério do Meio Ambiente, desde o início da gestão, atua sempre com bom senso, respeito às leis, respeito ao devido processo legal”, disse Salles na ocasião.

Fonte: G1

Bolsonaro quer Hélio ‘Negão’ no Tribunal de Contas, diz jornalista

Jair Bolsonaro está inclinado a articular junto à Câmara para que seu amigo Hélio ‘Negão’, também conhecido como Hélio ‘Bolsonaro’, chegue ao Tribunal de Contas da União (TCU).

Leia a matéria completa aqui.

Protestos contra Bolsonaro ocorreram em todos os estados

Todos os estados e o Distrito Federal registraram manifestações contra o governo Bolsonaro neste sábado (29). Ao longo de todo o dia, grupos se reuniram para passeatas e fizeram inúmeras reivindicações.

Leia a matéria completa aqui.

Opinião: Urnas eletrônicas e o voto impresso

“Nestes tempos voltou à tona a discussão sobre a segurança das nossas urnas eletrônicas e o voto impresso. Muitos ainda não têm opinião formada sobre tal assunto, com isso, geram argumentos falsos e lacrações sem um debate mais profundo do tema. Tema complexo como esse requer bastante atenção, ponderamento e clareza. Afinal, o que é o voto impresso, a quem serve e qual motivo de partidos da direita e esquerda defenderem?”.

Leia o texto na íntegra aqui.

Veja mais notícias no BRI.

Facebook Comments Box
Compartilhe

Written by:

1.383 Posts

View All Posts
Follow Me :

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *