FHC diz que apoiará Ciro Gomes “se ele for capaz de levantar o povo”

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (FHC) afirmou, em entrevista ao Jornal da CBN nesta terça-feira (6), que apoia qualquer nome que demonstre força suficiente para bater Bolsonaro e o ex-presidente Lula (PT), inclusive Ciro Gomes (PDT).

De acordo com ele, o candidato precisa expressar um sentimento de futuro, elemento que nenhum dos dois principais nomes colocados até o momento foi capaz de demonstrar. FHC admitiu inclusive que apoiaria Ciro Gomes em 2022, se ele for capaz de levantar o povo.

O tucano defendeu que Lula deveria “passar o bastão” e avaliou que o petista não tem novidades para trazer ao país. “Para o Brasil seria melhor alguém que fosse novo no jogo”, disse.

Na avaliação de Fernando Henrique, o melhor para o Brasil é que o presidente Jair Bolsonaro complete o seu mandato. Segundo ele, o país já viveu vários impeachments e isso “deixa marcas”. O tucano destacou, no entanto, que o futuro depende do atual presidente. “Está nas mãos dele”, avaliou.

FHC também afirmou que Bolsonaro tem o histórico de um homem que olha apenas para um lado, seja no Brasil ou no exterior. Na avaliação do tucano, o presidente governa para o grupo, a família, os partidários e os amigos dele. “Bolsonaro vê o outro lado como inimigo, e não adversário”.

Fonte: CBN

Ciro critica reforma administrativa: “Quem tem que pagar a conta é o andar de cima”

(05/04) – O ex-ministro Ciro Gomes (PDT) criticou a proposta de reforma administrativa do governo Bolsonaro durante live da CSB, nesta segunda-feira (05). “Em uma sociedade onde 5 pessoas tem a fortuna igual a de 100 milhões de brasileiros, está muito claro pra mim que quem tem que pagar a conta é o andar de cima”, afirmou o pedetista.

O ex-governador do Ceará, como de costume, fez duras críticas à gestão de Jair Bolsonaro à frente do país no enfrentamento da pandemia de coronavírus e lamentou as mais de 330 mil mortes no país. “Se juntar todas as guerras, não morreu um terço do que a covid já matou no Brasil. É disparada a maior crise e da história do país”, apontou Ciro.

Ciro Gomes demonstrou indignação com a situação de insegurança alimentar, que tem aumentado em larga escala. “(Comer) A pizza do domingo tá impossível pro trabalhador”, lamentou. “Temos que repartir com o povo brasileiro a ideia de um projeto nacional de desenvolvimento”, defendeu o ex-prefeito de Fortaleza.

Veja a matéria completa aqui.

Veja mais notícias no BRI.

 

Compartilhe

Written by:

1.690 Posts

Siga nossas redes! https://linktr.ee/brasilindependente
View All Posts
Follow Me :

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.