Fachin autoriza PF a buscar provas contra Toffoli, diz jornal

Fachin, PF e Toffoli – Os dados de duas operações relacionadas à Lava Jato do Rio foram utilizados em uma apuração preliminar da Polícia Federal que resultou no pedido de inquérito contra o ministro Dias Toffoli. Segundo o jornal Folha de São Paulo, o ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Edson Fachin autorizou a PF a buscar provas.

Fachin aceitou o argumento da PF de que o acordo de colaboração do ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral (MDB) tem uma cláusula que prevê o uso de informações coletadas nas operações Calicute, que prendeu o ex-governador, em 2016, e Boca de Lobo, que prendeu seu sucessor, Luiz Fernando Pezão, em 2018.

Segundo o jornal, as informações serviram para embasar o relatório em que a PF diz que é preciso apurar suposto crime de corrupção de Toffoli em venda de decisões judiciais.

Antes da permissão de Fachin, o juiz Abel Gomes, do Tribunal Regional Federal da 2ª Região, negou o compartilhamento por envolver pessoas com foro. O procurador-geral da República, Augusto Aras, se manifestou contra porque a PF não indicou quem eram os investigados.

Na 6ª feira (14), Fachin havia negado o pedido da PF para investigar Dias Toffoli.

Porém, o ministro do STF rejeitou a manifestação contrária da PGR durante a apuração preliminar e liberou o uso do material no âmbito do acordo de Cabral.

O inquérito investiga suposto recebimento de R$ 4 milhões em troca de favorecimento em processos sobre 2 prefeitos do Estado do Rio de Janeiro no TSE (Tribunal Superior Eleitoral). Toffoli atuou na Corte eleitoral de 2012 a 2016.

Fonte: Poder 360

Opinião: “Ataques de Israel unificam novamente a luta dos palestinos”

Palestinos distantes uns dos outros lutaram imensamente para manter um projeto nacional com objetivos claros. Agora, lutando juntos por toda o território da histórica Palestina, as partes desintegradas de seu corpo estão se reunindo mais uma vez.

Leia a matéria completa aqui.

Vídeo: Câncer de Covas foi ‘agravado’ por uso de máscara, diz deputado bolsonarista

Vice-líder do governo Jair Bolsonaro na Câmara, o deputado bolsonarista Giovani Cherini (PL-RS) afirmou durante reunião da Comissão e Constituição e Justiça (CCJ) na manhã desta segunda-feira (17) que o uso de máscara para proteção contra a Covid-19 agravou o câncer que vitimou o prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB).

Veja o vídeo e leia a matéria completa aqui.

Vídeo: Bolsonaro diz que é ‘imorrível’, ‘imbroxável’ e ‘incomível’

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) se reuniu com apoiadores na manhã de hoje e ao ser perguntado sobre o seu estado de saúde, o chefe do Executivo nacional voltou a se definir como “imbroxável”, se categorizando também como “imorrível” e “incomível”.

Veja o vídeo e leia a matéria completa aqui.

Ciro Gomes crê em derrocada de Bolsonaro e sobe tom contra Lula: “Corruptor”

O presidenciável Ciro Gomes (PDT) concedeu uma entrevista ao jornal Valor Econômico onde disse crer na derrocada de Jair Bolsonaro e subiu o tom das críticas ao ex-presidente Lula (PT). “É o maior corruptor da história brasileira”, disparou Ciro.

Leia a matéria completa aqui.

Em vídeo, Bolsonaro detona isolamento social: “Idiotas que até hoje ficam em casa”

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) chamou de “idiotas” pessoas que cumprem o isolamento social, medida recomendada pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e por autoridades sanitárias do mundo todo como forma de conter a disseminação do coronavírus.

Veja o vídeo e leia a matéria completa aqui.

Ambev e Heineken são autuadas por trabalho escravo de imigrantes, diz jornal

Uma reportagem do jornal El País traz a denúncia de que duas das maiores cervejarias do mundo, as multinacionais Ambev e Heineken foram autuadas por ‘trabalho escravo’, ou seja, condições análogas à escravidão impostas aos trabalhadores e trabalhadoras em São Paulo, em sua maioria imigrantes venezuelanos.

Leia a matéria completa aqui.

Pesquisador: Crise em Angola pode reatar aliança entre Igreja Universal e PT

O jornal Folha de São Paulo publicou um artigo do pesquisador do Centro Brasileiro de Análise e Planejamento e doutor em ciência política pela Universidade de Oxford (Inglaterra), Mathias Alencastro, no qual ele afirma que a crise enfrentada pela Igreja Universal de Edir Macedo na África, principalmente em Angola, pode reatar uma aliança entre a Universal e PT do ex-presidente Lula.

Leia a matéria completa aqui.

Rumo a 2022, Ciro Gomes monta propostas para classe média

O ex-ministro Ciro Gomes (PDT-CE) tem reunido o seu time de economistas pensando em propostas para classe média em 2022. Com a polarização entre Bolsonaro e Lula, o presidenciável pedetista se consolidou como uma terceira via eleitoral e busca soluções para diversos setores do país que foram abandonados nas últimas décadas, como a classe média brasileira.

Leia a matéria completa aqui.

Veja mais notícias no BRI.

Facebook Comments Box
Compartilhe

Written by:

1.378 Posts

View All Posts
Follow Me :

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *