Deputado bolsonarista pede extinção da UERJ em projeto no RJ

Extinção da UERJ – O deputado Anderson Moraes (PSL-RJ) anunciou nesta terça-feira (25) que protocolou na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) um Projeto de Lei onde realiza um pedido para extinguir a Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

LEIA: Presidente da Câmara, Lira analisa pedidos de impeachment contra Bolsonaro
LEIA: Rejeição à Bolsonaro dispara, sobe 5 pontos em 15 dias e atinge 59%, diz pesquisa

O PL também concede direito para que os bens da UERJ e seus alunos sejam remanejados para universidades particulares. Além disso, o que não for contemplado na absorção, seria transferido para outras unidades de ensino superior do estado, como a UEZO e a UENF.

ASSISTA: Vídeo: Senador cita ‘fake news’ na CPI sobre CoronaVac e ‘fetos abortados’
LEIA: Ex-BBB paga pelo governo para defender ”tratamento precoce” está com Covid

Em seu perfil nas redes sociais, o deputado justifica seu pedido criticando o gasto de dinheiro público usado para sustentar a Universidade. Em seu pedido, o deputado alega “nítido aparelhamento ideológico de viés socialista na Universidade” como uma justificativa para o fim da UERJ. Quando se candidatou, em 2018, Anderson Moraes possuía apenas o ensino médio concluído.

LEIA: Pesquisa do DEM aponta movimento “nem Bolsonaro, nem Lula”
LEIA: Desemprego bate recorde e atinge quase 15 milhões de brasileiros

Nas redes sociais, universitários e participantes do sistema acadêmico responderam ao comunicado do deputado lembrando que a UERJ é uma das dez maiores universidades do país, pioneira no sistema de cotas e responsável por garantir acesso ao ensino superior para as classes mais pobres.

Veja algumas reações ao projeto de deputado bolsonarista:

Facebook Comments Box
Compartilhe

Written by:

1.378 Posts

View All Posts
Follow Me :

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *