Ciro se revolta com troca de delegado da PF que denunciou Salles

O presidenciável Ciro Gomes (PDT) mostrou indignação com a notícia de que o diretor-geral da Polícia Federal (PF), Paulo Maiurino, decidiu substituir Alexandre Saraiva no comando da corporação no Amazonas após o delegado denunciar Ricardo Salles, ministro do Meio Ambiente, ao STF.

Maiurino escolheu o delegado Leandro Almada para substituir Saraiva. A decisão sobre a troca ocorreu no mesmo dia em que Saraiva enviou ao Supremo Tribunal Federal (STF) uma notícia-crime contra o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, por obstrução de investigação ambiental, advocacia administrativa e organização criminosa.

“Diretor-geral da PF vai trocar o delegado no Amazonas que pediu investigação contra Ricardo Salles”, escreveu Ciro Gomes no Twitter, disparando em seguida contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido): “Bolsonaro está desmoralizando décadas de respeito e admiração do povo brasileiro pela Polícia Federal. Também aqui seu dedo podre está destruindo as instituições!”.

O pedetista classificou o episódio como “absurdo”.

André Figueiredo (PDT) parabeniza STF: “Queremos enfrentar Lula nas urnas”

André Figueiredo parabenizou STF por anular as condenações de Lula na Lava Jato e ainda fez uma projeção: Bolsonaro será “esmagado” no primeiro turno

O deputado federal André Figueiredo (PDT-CE) aplaudiu a decisão do STF, que anulou as condenações do ex-presidente Lula no âmbito da Lava Jato e escreveu: “Queremos enfrentar o ex-presidente Lula nas urnas!”.

Figueiredo acredita que o segundo turno será entre Ciro e Lula. “A candidatura de Ciro é agora mais importante do que nunca!”. Leia a matéria completa aqui.

 

Lula diz que ‘não há tempo’ para impeachment de Bolsonaro

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) falou, em entrevista ao UOL, nesta quinta-feira (18), sobre um possível processo de impeachment contra Jair Bolsonaro em meio à pandemia do novo coronavírus. Para Lula, já não há tempo para iniciar o processo visto que a corrida eleitoral de 2022 se aproxima. Além disso, o ex-presidente também acredita que o atual presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, não irá dar abertura ao processo. Leia a matéria completa aqui.

STF dá 5 dias para Lira explicar não abertura de processo de impeachment de Bolsonaro

A ministra Cármen Lúcia, do Supremo Tribunal Federal (STF), estabeleceu prazo de cinco dias para que o presidente da Câmara Arthur Lira (PP-AL) dê explicações sobre a não abertura dos processos de impeachment contra o presidente Jair Bolsonaro. Atualmente, a Câmara tem mais de cem requerimentos contra o presidente da República engavetados. Leia a matéria completa aqui.

Reportagem denuncia superfaturamento em gasolina de Bolsonaro

A agência de jornalismo investigativo Sportlight publicou uma reportagem bombástica nos últimos dias, na qual apresenta notas fiscais que sugerem superfaturamento de Jair Bolsonaro na compra e reembolso de gasolina quando o atual presidente era deputado federal, na Câmara dos Deputados. Leia a matéria completa aqui.

Bolsonaro é acusado de crimes contra a humanidade no Parlamento Europeu

Em audiência, nesta quinta-feira (15), o Parlamento Europeu avaliou a situação da Covid-19 no Brasil. Os deputados participantes da reunião acusaram Bolsonaro de crimes contra a humanidade, e afirmaram que a situação atual do país é resultado das decisões do presidente. Leia a matéria completa aqui.

Veja mais notícias no BRI.

Compartilhe

Written by:

1.690 Posts

Siga nossas redes! https://linktr.ee/brasilindependente
View All Posts
Follow Me :

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.