Ciro Gomes se posiciona sobre crise em Cuba: “Não temo debate”

Ciro Gomes se posiciona sobre crise em Cuba – Num vídeo de quatro minutos, intitulado “Cuba para os cubanos”, o presidenciável Ciro Gomes (PDT) se manifestou sobre a situação de Cuba, que nessa semana foi palco de grandes protestos contra o governo cubano por conta da crise enfrentada já há muitos anos, e que foi agravada pela pandemia de covid-19.

“A política externa brasileira não pode ser condescendente com o desrespeito à soberania de Cuba, como é agora no governo Bolsonaro. Nem deve seguir o figurino da política exterior do PT. É preciso coragem e isenção. Não temo este debate. E você?”, escreveu Ciro na postagem nas redes sociais.

“O povo cubano está sofrendo. Existem duas bombas-relógio armadas há muito tempo sobre esse povo valoroso. Uma é bloqueio econômico (imposto pelos EUA), outra é a ditadura política. Desarmá-las é uma tarefa que envolve o povo cubano em sua autodeterminação, mas que também merecem a atenção e a solidariedade internacional” – Ciro Gomes (PDT)

OUTRAS NOTÍCIAS:

LEIA: Zambelli critica fundo eleitoral triplicado, mas votou sim para LDO
ASSISTA: PDT vai ao STF para obrigar Lira a analisar pedidos de impeachment
LEIA: Gleisi Hoffmann propõe financiar torcidas organizadas e Gaviões repudia
LEIA: Dono da Davati: Intenção ‘nunca foi vender vacina’ ao governo
LEIA: Blogueira ‘lulista’ que comparou Ciro a Bolsonaro ‘ora’ por morte do presidente
LEIA: Antonio Neto defende greve geral contra Reforma Administrativa

O ex-ministro defendeu a autodeterminação “do povo cubano” para resolver seus problemas, frisando que é necessário respeitar a soberania de Cuba.

Em seguida, apontou que apesar de ser totalmente contrário ao ‘subalternismo’ da política exterior do governo Bolsonaro aos ‘interesses’ dos EUA e condenou o bloqueio econômico importo pelos americanos á Ilha por décadas, postura que já foi condenada na ONU por diversas vezes e que segundo o pedetista, ‘fere as leis internacionais’.

‘Ditadura’ cubana

Ciro Gomes também argumentou que Cuba é uma ‘ditadura’ que suprime ‘liberdades individuais’ e disparou contra a política externa praticada nos governo do PT.

“A política exterior que o Brasil precisa não deve seguir o figurino da política externa do PT, marcada por ‘cacoetes’ de um velho tipo de esquerdismo, que no Brasil se acocorava diante do capital, sobretudo estrangeiro; e fora do Brasil encenava um terceiro mundismo barulhento, vistoso e inconsequente, cheio de desculpas às ditaduras, desde que rotuladas como ‘esquerdistas’. Compensação retórica para a rendição interna” – Ciro Gomes (PDT)

“Causa indignação ver cidadãos sendo assaltados nas ruas por capangas à paisana que integram o aparato de segurança da ditadura. Assim como também merece repúdio o corte do acesso à internet e suas redes sociais”

“O Brasil deve querer uma Cuba independente e democrática”, finalizou.

Assista:

 

Compartilhe

Written by:

1.631 Posts

Siga nossas redes! https://linktr.ee/brasilindependente
View All Posts
Follow Me :

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.