Ciro Gomes enumera ‘mentiras’ de Bolsonaro no 1º de abril

O ex-governador Ciro Gomes (PDT) enumerou ‘mentiras’ do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), em suas redes sociais, na manhã deste 1º de abril. “Bolsonaro é um mentiroso contumaz, ou seja: mente que nem sente!”, escreveu Ciro.

O pedetista listou diversos casos em que Bolsonaro foi desmentido pela imprensa brasileira a respeito de afirmações públicas feitas pelo presidente.

Ciro Gomes mentiras Bolsonaro

Reforma da Previdência

Ciro lembrou da afirmação de Bolsonaro de que a reforma era “para ajudar os pobres”, mas na realidade dificultou a aposentadoria dos brasileiros, retirou direitos de trabalhadores e acentuou a pobreza.

Boicote e antecipação de vacinas

O imbróglio envolvendo a Pfizer também foi lembrado pelo ex-ministro. Bolsonaro afirmou que havia pedido á farmacêutica para antecipar a entrega de vacinas, mas a empresa divulgou comunicado afirmando que o presidente havia rejeitado uma oferta de 70 milhões de doses da vacina, ainda em 2020.

A rejeição às vacinas em si por Bolsonaro também mereceram registro, com o registro de declarações contraditórias do chefe do Executivo à respeito do tema. Ele afirmou que sempre defendeu a compra de qualquer vacina aprovada pela Anvisa, mas disse meses antes que não compraria a CoronaVac, feita em parceria entre o Instituto Butantan e o governo chinês.

Defesa da cloroquina

O presidente afirmou que jamais recomendou qualquer remédio para o tratamento da covid-19, mas fez diversas declarações em defesa do uso de remédios de eficácia não comprovada pela ciência, como a cloroquina e a ivermectina.

Eleição para a presidência da Câmara

A eleição de Arthur Lira (PP-AL), aliado de Bolsonaro, para a presidência da Câmara dos Deputados foi outro tema abordado na publicação. “Fiquei só na torcida”, disse Bolsonaro na ocasião, mas a imprensa revelou que o governo liberou R$ 3 bilhões em emendas parlamentares para garantir os votos necessários para a vitória de Lira.

Preços da gasolina e do gás

As promessas eleitorais de redução nos preços da gasolina e do gás também foram mencionadas. Tanto Bolsonaro quanto Paulo Guedes prometeram que o preço dos combustíveis iria cair, mas a realidade aponta para inflação recorde nos preços cobrados pelos produtos no país.

STF

Bolsonaro disse que ficou de “mãos atadas” com a decisão do STF sobre os poderes dos estados e municípios em aplicarem medidas sanitárias de combate à pandemia. Na verdade, a Suprema Corte garantiu a independência dos entes federativos na questão, mas isso não isentou a responsabilidade do governo federal de coordenar de forma nacional o enfrentamento ao coronavírus.

Ciro Gomes frequentemente vai à público para, segundo ele, apontar mentiras que Bolsonaro divulga como se fossem verdade.

Veja mais notícias no BRI.

Compartilhe

Written by:

1.708 Posts

Siga nossas redes! https://linktr.ee/brasilindependente
View All Posts
Follow Me :

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.