Ciro Gomes ao The Guardian: “Lula mentiu ao povo brasileiro”

Matéria publicada pela Carta Capital traz uma entrevista do ex-ministro Ciro Gomes (PDT) ao jornal inglês ‘The Guardian’ onde o pedetista dispara contra o atual governo de Jair Bolsonaro e também contra o ex-presidente Lula (PT).

“Lula mentiu para o povo brasileiro afirmando ser candidato. E eu disse-lhe que era um engano perigoso que acabaria elegendo Bolsonaro. Ele ignorou tudo o que eu disse” – Ciro Gomes (PDT)

A comunidade internacional deve sinalizar que não tolerará “a morte prematura da democracia brasileira”, disse Ciro Gomes sobre os recentes ataques do presidente Jair Bolsonaro ao sistema eleitoral brasileiro.

Em declaração ao Guardian , o pedetista chamou o presidente de “uma excrescência moral e humana”, cuja retórica antidemocrática pode gerar violência antes da votação. Ele declarou duvidar que o alto escalão militar apoiaria os “delírios golpistas” de Bolsonaro se ele fizesse uma tentativa trumpiana de permanecer após o final de seu mandato.

No entanto, Ciro teme que o apoio generalizado às ideias radicais de Bolsonaro entre as bases da polícia militar significasse que motins e “episódios espasmódicos de violência” ocorreriam antes das eleições do próximo ano. O irmão senador de Ciro, Cid Gomes, levou dois tiros no peito no ano passado durante uma rebelião policial, liderada por um sargento pró-Bolsonaro.

OUTRAS NOTÍCIAS:

LEIA: Reforma tributária zera impostos em paraísos fiscais e corta vale-alimentação
ASSISTA: Ciro Gomes se posiciona sobre crise em Cuba: “Não temo debate”
LEIA: Zambelli critica fundo eleitoral triplicado, mas votou sim para LDO
LEIA: PDT vai ao STF para obrigar Lira a analisar pedidos de impeachment
LEIA: Gleisi Hoffmann propõe financiar torcidas organizadas e Gaviões repudia

Ciro ainda encorajou os governos estrangeiros a enviarem uma mensagem “contundente e explícita” de que qualquer regressão democrática seria inaceitável para uma nação que emergiu de duas décadas de ditadura militar em 1985. “Precisamos mesmo que o mundo olhe para nós porque [isto é] um dos fatores-chave que podem fazer com que esse itinerário de loucura e tragédia coletiva rumo ao Brasil pareça estar caminhando [parar] ”, disse.

Pesquisas preliminares colocam Ciro Gomes em terceiro lugar na corrida do ano que vem, atrás do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e de Bolsonaro.

O ex-ministro da Fazenda ofereceu ainda uma crítica contundente à “figura aberrante” que governa agora o Brasil. “Seja qual for o ângulo que você escolher para olhar, o Brasil está vivendo o pior governo de sua história. E essa [percepção] agora se espalhou pela população brasileira porque o Bolsonaro é basicamente uma fraude ”, disse ele sobre os fatos investigados na CPI da Covid.

A CPI expôs a negação e a incompetência que contribuíram para a morte de mais de meio milhão dos brasileiros por uma doença que Bolsonaro chamou de “gripe pequena”. “As pessoas estão assistindo a uma novela ou Big Brother”, disse Ciro sobre a CPI, alegando que a maioria dos cidadãos passou a ver Bolsonaro como “um criador de problemas desastrado”, incapaz de resolver os desafios complexos do Brasil.

Nas últimas semanas, alegações de corrupção envolvendo a compra de vacinas da Covid expuseram o nível de “decadência institucional” em curso, segundo Ciro.

OUTRAS NOTÍCIAS:

ASSISTA: Vídeo: Ciro Gomes rebate Lula, que disse ‘não existir’ 3ª via; “Soberba”
LEIA: Presidente do PDT, Lupi dispara contra Bolsonaro: ‘Não venha com ameaça’
ASSISTA: Vídeo desmente governo Bolsonaro sobre escândalo Covaxin; veja
LEIA: “Bolsonaro está à beira de um ataque de nervos”, diz ‘ex-amigo’

Ele também dirigiu palavras duras a Lula. Antes aliados e amigos próximos, os dois se desentenderam durante a campanha presidencial de 2018 com Ciro acusando Lula de facilitar a vitória de Bolsonaro ao supostamente insistir que ele era o candidato do PT, quando sabia que isso seria impossível devido às suas condenações recentemente anuladas para a corrupção.

De fato, Lula não pode concorrer as eleições presidenciais de 2018 e Fernando Haddad, o substituto de última hora, foi espancado por um direitista radical que Ciro afirmava ser “um Hitler tropical”.

Ciro foi criticado por não ter defendido publicamente Haddad no segundo turno contra o Bolsonaro e, em vez disso, voar para Paris. Ele se defendeu, alegando ter “o direito pessoal e político de não fazer campanha por um grupo que considera a causa da tragédia do Bolsonaro”.

Vale mencionar que Ciro declarou apoio crítica a Haddad no segundo turno e voltou de Paris para votar contra Bolsonaro, que acabou eleito mesmo assim.

“Achei que seria um grande desastre, mas nunca poderia imaginar que esse desastre seria contabilizado em milhares de milhares de mortes. [A pandemia] Elevou minhas piores expectativas ao enésimo grau.” – Ciro Gomes (PDT)

Bolsonaro despenca nas pesquisas e 51% dos brasileiros acha governo ‘péssimo’

O povo brasileiro não tem a melhor impressão de seu presidente. Ao contrário: para a maioria da população, Jair Bolsonaro é desonesto, falso, incompetente, despreparado, indeciso, autoritário, favorece os ricos e mostra pouca inteligência.

Leia a matéria completa aqui.

LEIA: 6 de cada 10 brasileiros rejeitam Bolsonaro para 2022, diz Datafolha
LEIA: Mensagens apontam atuação de Michelle Bolsonaro no caso Covaxin, diz site

Entidades de advogados e magistrados repudiam ‘ameaça’ de militares

Associações de juristas, advogados, magistrados e também a Central dos Sindicatos Brasileiros (CSB) divulgaram uma nota conjunta em que repudiam os ataques ao Parlamento brasileiro por parte do Ministério da Defesa.

Leia a matéria completa aqui.

LEIA: Ciro Gomes se consolida na 3ª via e quase dobra intenções de voto, diz pesquisa

Viúva de suposto assassino de Marielle fecha delação com MP

Segundo jornalista Guilherme Amado em Metrópoles, a viúva do capitão Adriano da Nóbrega, miliciano que era ligado a Flávio Bolsonaro e que foi assassinado na Bahia no ano passado, está perto de homologar uma delação premiada com o Ministério Público Federal no Rio de Janeiro e o Ministério Público do estado.

Leia a matéria completa aqui.

LEIA: Reinaldo Azevedo dispara: “Nota dos militares é mentirosa e golpista”

Veja mais notícias no BRI.

Compartilhe

Written by:

1.631 Posts

Siga nossas redes! https://linktr.ee/brasilindependente
View All Posts
Follow Me :

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.