Assista 3º filmete de Ciro: ‘impostos injustos’ e desigualdade

Ciro fala sobre impostos e desigualdade – Na manhã desta quarta-feira (28), Ciro Gomes divulgou o terceiro vídeo da série de filmetes e nele, o presidenciável denuncia o o sistema de impostos e a desigualdade gerada pela concentração de renda no Brasil, uma das maiores do mundo. A campanha foi lançada pelo PDT e sob comando do recém-contratado jornalista e marqueteiro João Santana.

“Estou ao lado dos brasileiros inconformados com a situação do país. Entre eles, os que não entendem porque temos os impostos mais injustos e uma das maiores concentrações de renda do planeta.”, escreveu Ciro na legenda postagem, feita nesta manhã. Assista abaixo:

No vídeo divulgado na terça-feira (27), o pedetista disse que os problemas sociais do Brasil derivam de um mesmo modelo econômico neoliberal que começou com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB), passou pelas gestões petistas e chegou ao seu momento mais agudo com Jair Bolsonaro.

Na semana passada, o PDT anunciou a contratação do jornalista João Santana para cuidar de sua comunicação. Ele foi o responsável pelo marketing das campanhas vitoriosas de Lula em 2006 e de Dilma em 2010 e 2014.

Presidente nacional da sigla, Carlos Lupi está confiante no sucesso da parceria.

Assista abaixo o primeiro vídeo da série, que é dirigido pela produtora cultural Giselle Bezerra.

Paulo Guedes vive ‘dia de cão’ e já se fala em demissão

Ciro Gomes: “Assinei 3 pedidos de impeachment, o Lula não assinou nenhum”

Ciro Gomes (PDT) voltou a fazer críticas ao ex-presidente Lula (PT) em entrevista ao jornalista Glenn Greenwald, na noite desta terça-feira (27), e lembrou que Lula não assinou nenhum pedido de impeachment contra Jair Bolsonaro (sem partido), enquanto o pedetista assinou três peças acusatórias.

Leia a matéria completa aqui.

Em 2º filmete, Ciro Gomes critica neoliberalismo de FHC, Lula e Bolsonaro

No segundo episódio de uma série de vídeos produzidos pelo PDT sob o comando do novo contratado João Santana, o pré-candidato à presidência nas eleições de 2022 Ciro Gomes criticou o modelo econômico neoliberal que, segundo ele, pauta os rumos da economia brasileira desde a presidência de FHC e foi mantido por Lula, Dilma, Temer e atinge seu ápice sob Bolsonaro e Paulo Guedes.

Leia a matéria completa aqui.

Bolsonaro quer ministro candidato ao governo de SP para derrotar Dória

O presidente Jair Bolsonaro sugeriu nesta segunda-feira, 26, que o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, pode disputar o governo de São Paulo, em 2022. “Quem sabe São Paulo adote o Tarcísio para o ano que vem”, disse o presidente a um apoiador que elogiava o ministro pelo asfaltamento de rodovias. Bolsonaro conversou com eleitores na portaria do Palácio da Alvorada, elogiou o ministro e criticou o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), um dos presidenciáveis.

Leia a matéria completa aqui.

Presidente do Cidadania, Roberto Freire defende Ciro Gomes no Twitter

O presidente do Cidadania, Roberto Freire, saiu em defesa do pré-candidato à presidência nas eleições de 2022, Ciro Gomes (PDT), após um internauta fazer um comentário ofensivo a Ciro em uma postagem no Twitter em que o pedetista divulgou o 2º filmete lançado pelo PDT, onde Ciro aponta problemas do país e apresenta propostas para o Brasil sair da crise econômica, política e social.

Leia a matéria completa aqui.

Vereador do PT abre caixão para “provar” que homem não morreu de COVID-19

O vereador William Faria (PT), de Santa Bárbara do Leste, em Minas Gerais, chocou os moradores de sua cidade nesse domingo (25/4), quando usou um facão para abrir um caixão lacrado, com o corpo de um homem de 92 anos, que morreu depois de apresentar os sintomas da COVID-19. O vereador alega que o homem não morreu por COVID-19 e sim por Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG).

Leia a matéria completa aqui.

Veja mais notícias no BRI.

Compartilhe

Written by:

1.631 Posts

Siga nossas redes! https://linktr.ee/brasilindependente
View All Posts
Follow Me :

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.