Vídeo: Lázaro morre após ser baleado e preso por policiais

Lázaro morre – Após 20 dias de uma megaoperação, com mais de 270 policiais, Lázaro Barbosa, de 32 anos, foi preso nesta segunda-feira (28), em Goiás. A informação foi divulgada pelo governador Ronaldo Caiado.

Condenado por assassinatos e estupros, o fugitivo da Justiça era procurado por uma série de crimes na Bahia e em Goiás. Ele também é acusado da morte de quatro pessoas de uma família em Ceilândia, no Distrito Federal, e de um caseiro de uma fazenda no distrito de Girassol, em Goiás.

“Acabo de receber neste momento uma informação de todas as equipes que estão na região de Cocalzinho que o Lázaro foi preso”.

“Como eu disse, era questão de tempo até que a nossa polícia, a mais preparada do País, capturasse o assassino Lázaro Barbosa. Parabéns para as nossas forças de segurança. Vocês são motivo de muito orgulho para a nossa gente! Goiás não é Disneylândia de bandido”, disse o governador Ronaldo Caiado em uma rede social.

A Secretaria de Segurança Pública (SSP) de Goiás informou que o suspeito deve ser encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) para o exame de corpo de delito e, em seguida, será levado para o presídio de Aparecida de Goiânia, na Região Metropolitana da capital.

Lázaro morre

Foi confirmada a informação de que Lázaro morreu após ser baleado durante a operação policial realizada para efetuar a prisão do assassino em série.

Assista:

VEJA TAMBÉM:

LEIA: Jornalista denuncia novo escândalo de outra vacina ligada a Ricardo Barros
LEIA: Miranda diz que irmão foi ‘bloqueado’ na Saúde: “Defensores de bandidos”
ASSISTA: Vídeo: ‘Alertei Bolsonaro pessoalmente’, diz Luis Miranda sobre Covaxin
LEIA: Miranda diz à CPI que Bolsonaro citou Ricardo Barros ao ouvir denúncia
LEIA: Covaxin: Flávio Bolsonaro abriu portas do BNDES para dono da Precisa, diz Veja

Fuga cinematográfica

Os passos de Lázaro: onde o suspeito já foi visto ou cometeu crimes no Centro-Oeste

As buscas começaram no dia 9 de junho, após o crime no DF. Na fuga, Lázaro roubou um carro e foi para a cidade de Cocalzinho de Goiás, a 80 km de distância. Desde então, foi perseguido pela força-tarefa policial pelas matas da região (leia detalhes mais abaixo).

Cães farejadores também atuaram na caçada a Lázaro. A cadela Cristal, que ajudou nas buscas em Brumadinho (MG), estava entre eles. Um dos animais, o pastor alemão Sauke, se machucou em uma pedra dentro de um rio. Um vídeo mostrou o momento em que o cão foi carregado nas costas por um militar.

Durante a perseguição, Lázaro invadiu ao menos 11 fazendas, trocou tiros e baleou moradores, dois policiais militares e um oficial da Força Aérea Brasileira (FAB), segundo informações da força-tarefa.

Ele também fez uma família refém em uma das fazendas – o casal e uma adolescente de 16 anos. Durante o sequestro, o criminoso exigiu que todos andassem em um córrego para não deixar rastros. Imagens registraram o momento em que a polícia encontrou a família (veja no vídeo acima).

Durante as buscas, os policiais encontraram ainda um carro queimado e alguns objetos, como um lençol usado e um serrote. Todos os itens seguiram para a perícia.

Fonte: G1

RECEBA NO SEU CELULAR AS NOTÍCIAS MAIS IMPORTANTES DO DIA

Telegram: AQUI
Whatsapp: AQUI

SE VOCÊ APOIA O IMPEAHCMENT DE JAIR BOLSONARO, ENTRE NESSES GRUPOS:

Facebook: AQUI
WhatsApp: AQUI
Telegram: AQUI
Instagram: AQUI

O deputado federal Luis Miranda (DEM-DF) se manifestou nas redes sociais após a notícia de que a ex-mulher do ex-ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, procurou a CPI da Covid para se oferecer como possível depoente.

Leia a matéria completa aqui.

Conversa com Bolsonaro foi gravada, sugere Miranda: ‘Vai ficar ruim’

Matéria do Estadão assinada pela jornalista Camila Turtelli informa que após depor por 7 horas e meia na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid, o deputado Luis Miranda (DEM-DF) diz ter cumprido sua missão e estar tranquilo sobre a possibilidade de ser acusado de mentiroso pelo presidente da República, Jair Bolsonaro.

Leia a matéria completa aqui.

LEIA: Servidor do Ministério da Saúde depõe na CPI: “Meu partido é o SUS”

Ciro Gomes exige impeachment de Bolsonaro: ‘Vamos assistir de braços cruzados?’

O pré-candidato à presidência Ciro Gomes (PDT) foi às redes sociais na noite desta sexta-feira (26) e na manhã deste sábado (27) exigir em texto e vídeo que um processo de impeachment contra Jair Bolsonaro seja aceito na Câmara dos Deputados.

Leia a matéria completa aqui.

LEIA: Ciro Gomes ‘explode’ em pesquisa e chega a mais de 15%, diz Exame/Ideia

Impeachment de Bolsonaro: Centrão prepara desembarque, diz site

Nota de O Antagonista traz a ‘bomba’: “Em privado, chefões do Centrão já admitem a possibilidade de abandonar em breve o barco do governo”.

Leia a matéria completa aqui.

Indígenas recusam vacina após ação de pastores: “Marca da Besta”

Matéria do UOL assinada pelo jornalista Wanderley Preite Sobrinho informa que missionários evangélicos têm espalhado mentiras sobre a vacina contra a covid-19 em aldeias na região Norte do Brasil, segundo requerimento entregue à CPI da Covid.

Leia a matéria completa aqui.

LEIA: Daniel Silveira é preso de novo após tirar tornozeleira 30 vezes

Veja mais notícias no BRI.

Compartilhe

Written by:

1.708 Posts

Siga nossas redes! https://linktr.ee/brasilindependente
View All Posts
Follow Me :

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.