PT não aceita autocrítica sobre corrupção de fundador do partido

PT não aceita autocrítica sobre corrupção – Nota assinada por Guilherme Amado em Metrópoles informa que foi muito mal recebida no PT a declaração dada há cerca de duas semanas pelo ex-ministro e ex-chefe de gabinete de Lula, Gilberto Carvalho, um dos fundadores do PT, ao repórter Rafael Moraes.

OUTRAS NOTÍCIAS:

LEIA: Prefeito de Recife, João Campos defende que PSB apoie 3ª via
LEIA: Sarney encontra Bolsonaro e liderança do PT no mesmo dia, diz site
LEIA: Pela 1ª vez, maioria dos brasileiros quer impeachment de Bolsonaro
LEIA: Ciro detona Bolsonaro após ataque ao TSE: “Últimas braçadas de um afogado”

“Houve corrupção durante os nossos governos? Claro que houve corrupção em nossos governos. Houve petistas que se corromperam? Houve”, disse Carvalho.

Gilberto Carvalho foi cobrado diretamente por Gleisi Hoffmann, presidente do PT. O incômodo dela e de muitos do partido, como José Genoino, foi de que Carvalho foi genérico e, ao não dar nome aos bois sobre quem se corrompeu, pôs todos no mesmo balaio.

OUTRAS NOTÍCIAS:

LEIA: Antonio Neto e Amanda Salgado: Um resgate para passar o Brasil a limpo
LEIA: Atacado por militares, Omar Aziz agradece apoio de Ciro Gomes
LEIA: Bolsonaro se enrola sobre reunião com Luis Miranda: “Fantasiosa”
LEIA: Bolsonaro passa mal, tem soluço e dificuldade para falar em visita ao Sul

Carvalho se disse arrependido e pediu desculpas a quem o telefonou.

Bolsonaro despenca nas pesquisas e 51% dos brasileiros acha governo ‘péssimo’

O povo brasileiro não tem a melhor impressão de seu presidente. Ao contrário: para a maioria da população, Jair Bolsonaro é desonesto, falso, incompetente, despreparado, indeciso, autoritário, favorece os ricos e mostra pouca inteligência.

Leia a matéria completa aqui.

LEIA: 6 de cada 10 brasileiros rejeitam Bolsonaro para 2022, diz Datafolha

Entidades de advogados e magistrados repudiam ‘ameaça’ de militares

Associações de juristas, advogados, magistrados e também a Central dos Sindicatos Brasileiros (CSB) divulgaram uma nota conjunta em que repudiam os ataques ao Parlamento brasileiro por parte do Ministério da Defesa.

Leia a matéria completa aqui.

LEIA: Ciro Gomes se consolida na 3ª via e quase dobra intenções de voto, diz pesquisa

Viúva de suposto assassino de Marielle fecha delação com MP

Segundo jornalista Guilherme Amado em Metrópoles, a viúva do capitão Adriano da Nóbrega, miliciano que era ligado a Flávio Bolsonaro e que foi assassinado na Bahia no ano passado, está perto de homologar uma delação premiada com o Ministério Público Federal no Rio de Janeiro e o Ministério Público do estado.

Leia a matéria completa aqui.

LEIA: Reinaldo Azevedo dispara: “Nota dos militares é mentirosa e golpista”

Veja mais notícias no BRI.

Compartilhe

Written by:

1.708 Posts

Siga nossas redes! https://linktr.ee/brasilindependente
View All Posts
Follow Me :

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.