Protesto pró-Bolsonaro ocorrido domingo no RJ foi ‘pago’, afirma site

Protesto pró-Bolsonaro foi ‘pago’ – O site O Antagonista afirma em matéria publicada nesta segunda-feira (24) que o protesto pró-Bolsonaro ocorrido domingo no Rio de Janeiro foi ‘pago’.

Veja abaixo a matéria:

“O Antagonista mostrou ontem que os milhares de motociclistas que se aglomeraram no Aterro do Flamengo para saudar Jair Bolsonaro não estavam ali de graça nem espontaneamente.

O ato foi organizado pela Federação de Motociclistas do Estado do Rio de Janeiro e teve como mote o anúncio feito pelo presidente, na sexta-feira 20, de isentar motos de pedágio em futuras concessões rodoviárias.

O evento foi encorpado pela segurança, exercida por mil PMs destacados pelo governo de Claudio de Castro, aliado do clã bolsonarista. O custo da diária é estimado em meio milhão de reais.

Na mesma linha, em 15 de maio, caminhoneiros foram a Brasília em apoio ao governo de Bolsonaro. Semanas antes, eles se organizavam em grupos de WhatsApp para um protesto contra o Supremo. Diante da baixa adesão, porém, o governo precisou se mobilizar por algo mais “concreto”.

LEIA: De saída do PSDB, Alckmin flerta com partido de esquerda para 2022

Três dias depois do protesto, veio a recompensa com o programa “Gigantes do Asfalto”. Bolsonaro anunciou, ao lado de Tarcísio de Freitas e Paulo Guedes, uma MP que aumenta a tolerância de peso para os eixos dos caminhões, o lançamento de um documento digital para os caminhoneiros e novas regras para a remoção de veículos.

Pela regra atual, a tolerância máxima para o peso do caminhão equivale a 10% de peso excedente sobre o total permitido. Conforme o governo, até 30 de abril de 2022, passa a valer a tolerância máxima de 12,5%.

No segundo semestre, a agenda de manifestações pró-Bolsonaro deve se intensificar com novos programas assistencialistas, como disse Paulo Guedes. Soma-se a essa conta o Bolsolão que compra o apoio do Centrão, inclusive nas alianças para palanques regionais em 2020.

“Nós jogamos na defesa nos primeiros três anos, controlando despesas. Agora vem a eleição? Nós vamos para o ataque. Vai ter Bolsa Família melhorado, BIP [Bônus de Inclusão Produtiva], o BIQ [Bônus de Incentivo à Qualificação], vai ter uma porção de coisa boa para vocês baterem palma.”

Quem vai dançar é o pagador de impostos, que sempre arca com a conta do populismo irresponsável.”

Fonte: O Antagonista

General Santos Cruz detona Bolsonaro e Pazuello: ‘Irresponsável e perigoso’

O general Carlos Alberto dos Santos Cruz, ex-ministro do governo de Jair Bolsonaro, criticou o presidente e o general da ativa Eduardo Pazuello, ex-ministro da Saúde, após os dois terem participado de uma “motociata” no Rio de Janeiro, no último domingo, que causou aglomerações pela cidade. Santos Cruz escreveu no Twitter que “o presidente e um militar da ativa mergulharem o Exército na política é irresponsável e perigoso”.

Leia a matéria completa aqui.

General da ativa, Pazuello vai à ato com Bolsonaro e abre nova crise militar

A presença do general da ativa e ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello em uma manifestação político-partidária no Rio criou um constrangimento para o Comando do Exército e abriu uma nova crise militar no governo de Jair Bolsonaro. Isso porque Pazuello, como general de divisão da ativa, está proibido pelo Estatuto dos Militares e pelo Regulamento Disciplinar do Exército de participar de manifestações coletivas de caráter político.

Leia a matéria completa aqui.

Thiago Manga: “Eu tenho asco de Jair Bolsonaro, não de quem votou nele!”

“Temos que refletir, entender e aprender mais e julgar, acusar e condenar menos. Então, que fique registrado: eu não aceito que culpem o povo brasileiro, vítima histórica dos erros e traições dos seus próprios líderes!”.

Leia o texto na íntegra aqui.

Estadão pede 3ª via em editorial: “Alternativa viável a Lula e Bolsonaro”

O jornal Estadão publicou um editorial nesta segunda-feira (24) em que pede a consolidação de uma 3ª via política para evitar um segundo turno entre Jair Bolsonaro (sem partido) e Lula (PT) nas eleições de 2022. “O País tem um urgente desafio: encontrar um candidato competente e responsável, capaz de representar uma alternativa viável a Lula e Bolsonaro”, afirma o texto.

Leia a matéria completa aqui.

PT tira o pé e enfraquece impeachment de Bolsonaro, diz colunista

O Planalto e seus aliados no Congresso conseguiram encontrar alento na atual conjuntura política, tão desfavorável a Jair Bolsonaro: a pressão pelo impeachment perde força na medida inversa em que Lula sobe nas pesquisas.

Leia a matéria completa aqui.

Mário Frias dispara contra Lei Paulo Gustavo: “Vocês são doentios”

O secretário especial de Cultura, Mário Frias, usou seu Twitter para pedir que internautas votem contra a Lei Paulo Gustavo, que morreu vítima da Covid-19. O projeto de lei visa garantir ajuda financeira ao setor da cultura.

Leia a matéria completa aqui.

Centrais sindicais vão à Brasília entregar propostas para Lira e Pacheco

Presidentes das principais centrais sindicais do país vão a Brasília na próxima quarta (26), em ato inédito, entregar pessoalmente aos presidentes da Câmara e do Senado, Arthur Lira (PP-AL) e Rodrigo Pacheco (DEM-MG), uma agenda legislativa com propostas que elaboraram em conjunto.

Leia a matéria completa aqui.

Veja mais notícias

Facebook Comments Box
Compartilhe

Written by:

1.378 Posts

View All Posts
Follow Me :

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *