Presidenta da Juventude Socialista de SP convoca para ato contra Bolsonaro

Presidenta da Juventude Socialista – “É uma honra assumir esse desafio, mergulhar de cabeça num trabalho de militância que eu já faço há anos, mas que agora eu posso ajudar a construir na mobilização da juventude de São Paulo a partir de um projeto de país”. É assim que a advogada Amanda Salgado, 25 anos, recém-empossada presidenta da Juventude Socialista do PDT-SP da Capital, inicia a entrevista que concedeu ao Brasil Independente.

Amanda falou sobre os desafios de liderar um movimento jovem no atual momento do país, sobre as mobilizações pelo #ForaBolsonaro e sobre a necessidade de uma projeto de país que inclua todos os brasileiros e brasileiras.

“Para mim é um prazer estar junto na construção de uma juventude que ousa lutar, que ousa pensar num Brasil melhor, um Brasil desenvolvido, soberano e que busca a justiça social, a independência econômica”, acrescenta, comemorando uma recente ‘explosão’ de novas filiações ao movimento que agora preside. “A gente tá lutando para estar em todas as faculdades e também nas ruas, nos bairros, nas praças”.

“A juventude sempre foi vanguarda das grandes lutas em defesa do povo brasileiro e do Brasil. Ela foi protagonista, ela estava na linha de frente da criação da Petrobras, com Getúlio Vargas. Ela lutou pelo “Petróleo é Nosso” e quando descobriram o pré-sal, ela lutou pela lei para garantir que parte dos recursos fossem investidos em educação. Essa juventude também estava na linha de frente das reformas de base do governo Jango (João Goulart, deposto pelo Golpe Militar de 1964, após anunciar as reformas de base) e depois lutou pela redemocratização do Brasil, no “Diretas Já”, ela nunca se acovardou.” – Amanda Salgado, presidenta da Juventude Socialista do PDT-SP da Capital

A advogada lembrou que sente orgulho de liderar um movimento cujo a Executiva Municipal respeita a paridade de gênero. “Como o é importante ter mulheres na política, os LGBTQ+, que a gente teve nos últimos dias uma grande mobilização pelo Dia do Orgulho, o movimento negro, os grupos minoritários têm que fazer parte dessa construção de um projeto de desenvolvimento para o país”, defende.

Amanda Salgado diz que é a juventude que tem que cobrar as lideranças políticas quando as mesmas não cumprem o que prometeram. “Não basta derrubar Bolsonaro”, alerta, argumentando que é necessário pensar em um projeto do país e depende de um papel decisivo do Estado na reconstrução nacional.

OUTRAS NOTÍCIAS:

LEIA: Luis Miranda diz que áudio é ‘falso’ e que vai pedir prisão de PM
LEIA: Chefe da CIA é visto em Brasília e tem reunião ‘secreta’ com Bolsonaro
LEIA: Senador pede prisão em flagrante de policial após áudio suspeito na CPI
LEIA: ‘Superpedido’ de impeachment de Bolsonaro é apresentado
LEIA: Ciro Gomes: “Tem que derrubar porque Bolsonaro é um criminoso”

“Queremos também um projeto de país que seja nacional, pensado a partir das nossas próprias necessidades, a partir dos nossos próprios objetivos. Os jovens são a linha de frente, eles não tem compromisso com líderes messiânicos, eles estão em processo de formação e muito desejo de fazer. Estávamos nas ruas gritando juntos, exigindo o impeachment desse genocida, que não tem outro nome para chamar Jair Bolsonaro” – Amanda Salgado, presidenta da Juventude Socialista do PDT-SP da Capital

Assista a entrevista completa em vídeo aqui:

Cuidados no ato

“Vamos nos cuidar, usar máscara, passar bastante álcool em gel. A gente já distribuiu máscara na ultima manifestação e vamos distribuir de novo”.

Fora Bolsonaro e símbolos nacionais

Amanda Salgado foi incisiva na defesa do impeachment de Jair Bolsonaro. “Não dá mais. O que falta? Temos um governo neoliberal de quinta categoria. Agora com a CPI, é evidente que crimes foram cometidos pelo governo. O que falta para aceitar o pedido de impeachment?”

“Nossa palavra de ordem pros grandes atos contra esse governo genocida é “Vacina, Trabalho e Fora Bolsonaro. Empurra que ele cai!” – Amanda Salgado, presidenta da Juventude Socialista do PDT-SP da Capital

A ativista política mostrou otimismo em relação ao tamanho das manifestações marcadas para este sábado (02). “Vamos estar maiores nas ruas. Esse é o terceiro grande ato nacional. A JS em São Paulo fez um estrago. E é uma juventude que resgata os símbolos nacionais. Patriotas somos nós, queremos um projeto para o o país”.

OUTRAS NOTÍCIAS:

LEIA: Zambelli diz que abandona Bolsonaro ‘se eu souber que ele roubou’
LEIA: Governo Bolsonaro pediu propina por vacina, diz vendedor à Folha
LEIA: Ministério da Saúde suspende contrato para compra da Covaxin
LEIA: PSDB adere a manifestação contra Bolsonaro; MBL avalia adesão

Saídas para a crise

A presidenta da JS defende que alguns dos caminhos para devolver a autoestima e uma expectativa de futuro para a juventude brasileira passam por investimentos maciços na profissionalização de jovens e na educação pública. “Também será necessário um grande investimento em tecnologia e inovação, segmentos essenciais para o desenvolvimento e recuperação do país”, pontua.

“Queremos um Estado forte que invista em educação, saúde, cultura, entre outros. A pandemia veio e não temos equipamentos, pois a gente não possui um complexo industrial de Saúde. Hoje a gente vive a ausência completa de projeto para o país. Eu costumo dizer que é o contrário: um projeto deliberado para que o Brasil siga sendo um país subdesenvolvido e desindustrializado” – Amanda Salgado, presidenta da Juventude Socialista do PDT-SP da Capital

Perfil Amanda Salgado

25 anos;
Nascida em Santos, mora em São Paulo desde 2014.

Formada em Direito pela Universidade Presbiteriana Mackenzie em 2019, hoje mestranda em direito Político e Econômico pela mesma instituição. Amanda é advogada e também pós-graduanda em Gestão de Projetos Culturais pela USP.

Durante a graduação, participou da gestão do Centro Acadêmico João Mendes Júnior, do Direito (2014/2015), de coletivos feministas da mesma instituição, dentre outras organizações políticas e movimentos estudantis.

É também uma das fundadoras do Disparada, em 2017, e editora do Portal.

RECEBA NO SEU CELULAR AS NOTÍCIAS MAIS IMPORTANTES DO DIA

Telegram: AQUI
Whatsapp: AQUI

SE VOCÊ APOIA O IMPEAHCMENT DE JAIR BOLSONARO, ENTRE NESSES GRUPOS:

Facebook: AQUI
WhatsApp: AQUI
Telegram: AQUI
Instagram: AQUI

Luis Miranda: “Se Pazuello falasse o que me falou dentro de uma aeronave..”

O deputado federal Luis Miranda (DEM-DF) se manifestou nas redes sociais após a notícia de que a ex-mulher do ex-ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, procurou a CPI da Covid para se oferecer como possível depoente.

Leia a matéria completa aqui.

Conversa com Bolsonaro foi gravada, sugere Miranda: ‘Vai ficar ruim’

Matéria do Estadão assinada pela jornalista Camila Turtelli informa que após depor por 7 horas e meia na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid, o deputado Luis Miranda (DEM-DF) diz ter cumprido sua missão e estar tranquilo sobre a possibilidade de ser acusado de mentiroso pelo presidente da República, Jair Bolsonaro.

Leia a matéria completa aqui.

LEIA: Servidor do Ministério da Saúde depõe na CPI: “Meu partido é o SUS”

Ciro Gomes exige impeachment de Bolsonaro: ‘Vamos assistir de braços cruzados?’

O pré-candidato à presidência Ciro Gomes (PDT) foi às redes sociais na noite desta sexta-feira (26) e na manhã deste sábado (27) exigir em texto e vídeo que um processo de impeachment contra Jair Bolsonaro seja aceito na Câmara dos Deputados.

Leia a matéria completa aqui.

LEIA: Ciro Gomes ‘explode’ em pesquisa e chega a mais de 15%, diz Exame/Ideia

Impeachment de Bolsonaro: Centrão prepara desembarque, diz site

Nota de O Antagonista traz a ‘bomba’: “Em privado, chefões do Centrão já admitem a possibilidade de abandonar em breve o barco do governo”.

Leia a matéria completa aqui.

Indígenas recusam vacina após ação de pastores: “Marca da Besta”

Matéria do UOL assinada pelo jornalista Wanderley Preite Sobrinho informa que missionários evangélicos têm espalhado mentiras sobre a vacina contra a covid-19 em aldeias na região Norte do Brasil, segundo requerimento entregue à CPI da Covid.

Leia a matéria completa aqui.

LEIA: Daniel Silveira é preso de novo após tirar tornozeleira 30 vezes

 

Compartilhe

Written by:

1.631 Posts

Siga nossas redes! https://linktr.ee/brasilindependente
View All Posts
Follow Me :

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.