País perde mil vacinas contra covid por refrigerador desligado para carregar celular

País perde mil vacinas – Uma clínica no Quirguistão, país situado na Ásia central, teve de jogar fora quase mil doses da vacina Sputnik V, contra a Covid-19 depois que uma pessoa desligou o refrigerador em que estavam armazenadas para carregar seu telefone celular, informaram autoridades locais.

O incidente aconteceu em abril, em uma clínica pública na cidade de Bisqueque, mas foi divulgado somente agora. Essa demora gerou críticas ao governo.

LEIA: Bolsonaro comenta encontro de Lula e FHC: ‘Ladrão’ e ‘vagabundo’

As vacinas agora inúteis faziam parte de um lote de 20 mil doses entregue como ajuda humanitária pela Rússia ao país da Ásia Central.

A campanha de vacinação começou em março e até agora o imunizante russo e mais popular do que o da chinesa Sinopharm.

Segundo o ministro da Saúde, Alimkadyr Beyshenaliyev, um trabalhador da manutenção pode ter sido o responsável pelo erro, ao procurar uma tomada para carregar seu celular.

LEIA: Em meio à CPI da Covid, Bolsonaro diz que voltou a tomar cloroquina

“Se a culpa for de um dos funcionários, da senhora da limpeza, ou de outra pessoa, a clínica terá de responder financeiramente”, disse ele.

Em abril, o ministro apareceu na televisão para promover a raiz de uma planta – conhecida por ser altamente tóxica para os humanos – como uma suposta cura milagrosa para a Covid-19, em meio a uma nova onda de infecções no território.

LEIA: Metade dos brasileiros não quer nem Bolsonaro nem Lula em 2022, diz pesquisa

Ele chegou, inclusive, a tomar alguns goles do remédio na frente dos jornalistas. A fórmula contém extrato de raiz de acônito, uma planta da montanha que contém toxinas mortais para o homem, mas que é usada na medicina tradicional.

O Quirguistão enfrenta uma terceira onda de covid-19. Até esta sexta, o balanço oficial é de mais de 100 mil casos e 1.735 mortes da doença, em uma população de cerca de 6,5 milhões de pessoas.

Fonte: G1

SP quer aeroportos com barreiras sanitárias contra cepa indiana da covid

A cidade de São Paulo (SP) quer criar barreiras sanitárias em aeroportos para conter a cepa indiana, detectada no Maranhão. Segundo o secretário municipal de Saúde, Edson Aparecido, uma reunião amanhã com o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, e membros da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) deve definir quais medidas podem ser adotadas.

Leia a matéria completa aqui.

Vídeo: Flávio Bolsonaro diz que Silas Malafaia é ‘conselheiro’ de Bolsonaro

Durante uma discussão na CPI da Covid ocorrida nesta quinta-feira (20), o senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) disse que o pastor evangélico Silas Malafaia é conselheiro do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) diariamente.

Veja o vídeo e leia a matéria completa aqui.

Para mais da metade dos brasileiros, Bolsonaro não tem capacidade de liderar o país

Pesquisa do instituto Datafolha divulgada neste sábado (15) pelo jornal “Folha de S.Paulo” indica que, para 58% dos entrevistados, o presidente Jair Bolsonaro não tem capacidade de liderar o país. Para 38%, Bolsonaro é capaz; 4% disseram não saber responder.

Leia a matéria completa aqui.

Candidato anti-polarização, Ciro Gomes sobe o tom contra Lula e Bolsonaro

Cada vez mais consolidado como o candidato anti-polarização à presidência da República, Ciro Gomes (PDT) subiu o tom contra seus principais adversários em 2022, o ex-presidente Lula (PT) e o atual presidente do país, Jair Bolsonaro (sem partido).

Leia a matéria completa aqui.

Maior iceberg do mundo se desprende: 3 vezes o tamanho da cidade de SP

Um imenso bloco de gelo com quase três vezes o tamanho da cidade de São Paulo se desprendeu da plataforma Ronne, na Antártida, e se transformou no maior iceberg do mundo. O anúncio foi feito na noite de quarta-feira, 20, pela Agência Espacial Europeia (ESA).

Leia a matéria completa aqui.

Conflito em Gaza: jogador do Manchester United, Pogba homenageia Palestina

Os conflitos na Faixa da Gaza têm chocado o mundo e na Inglaterra, o jogador de futebol Pogba, do Manchester United, homenageou a Palestina levantando uma bandeira do país árabe durante uma partida.

Leia a matéria completa aqui.

Covid-19: Confirmados casos da variante indiana no Maranhão

O governo do Maranhão confirmou os primeiros casos de infectados pela variante indiana da covid-19. Ela foi identificada em tripulantes do navio Mv Shangon Da Zhi, ancorado no estado, que saiu da África do Sul.

Leia a matéria completa aqui.

Variante Indiana: rio Ganges vira ‘cemitério’ com corpos flutuantes ou enterrados às margens

Centenas de corpos têm sido encontrados flutuando no rio ou enterrados nas areias de suas margens. Moradores próximos das áreas onde esses corpos desaguam, no Estado de Uttar Pradesh (norte), creem que eles são de pacientes que não resistiram à covid-19.

Leia a matéria completa aqui.

Veja mais notícias no BRI.

Facebook Comments Box
Compartilhe

Written by:

1.378 Posts

View All Posts
Follow Me :

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *