Nem Lula nem Bolsonaro: indecisos para presidente são maioria

Indecisos para presidente são maioria – Uma pesquisa da Quaest Consultoria encomendada pelo banco Genial Investimentos, que será divulgada nesta quarta-feira (07) mostra que há espaço para a construção de uma candidatura presidencial de centro capaz de romper a polarização entre o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e seu antecessor Lula (PT).

Segundo o levantamento, os indecisos são maioria nas intenções de voto espontânea, com 57%, muito à frente de Lula, que aparece com 21%, e de Bolsonaro, com 18%.

OUTRAS NOTÍCIAS:

LEIA: Ministro confirma reunião com filho de Bolsonaro
ASSISTA: Ao vivo: Ex-diretor da Saúde nega propina e chama policial de ‘picareta’
LEIA: Polícia investiga estupro em boate no RJ; deputado do PSL e PM são donos
LEIA: Presidente do Haiti é assassinado a tiros em Porto Príncipe
LEIA: Babalaô montará programa de Ciro Gomes sobre questão racial, diz jornal
LEIA: CPI da Covid retira sigilo de informações de celular de policial militar

Outro dado reforça o caminho aberto para uma alternativa aos dois favoritos. Perguntados sobre quem preferem que vença a eleição, a opção “nem um nem outro” ficou em segundo lugar, escolhida por 31% dos 1500 entrevistados, distribuídos pelas 27 unidades da Federação.

Ciro Gomes (PDT) registra só 1% na espontânea, mas chega a 10% na pesquisa estimulada.

OUTRAS NOTÍCIAS:

LEIA: Homofobia e machismo: Grupo ligado a PT tem ataque a Ciro e Eduardo Leite
LEIA: Gleisi Hoffman ataca Ciro Gomes: ‘Pior’ que Bolsonaro e ‘jagunço’
LEIA: Bolsonaro confirma André Mendonça novo ministro do STF
LEIA: Mulher de Queiroz chora em áudio: “Qual o problema? Vão matar?”
LEIA: PDT-SP repudia agressões de militantes do PCO em nota oficial

Não à toa, cresce entre os diversos pré-candidatos que se apresentam como centristas a percepção de que eles disputam uma vaga no segundo turno não com o petista, mas com o atual presidente.

Ciro Gomes, por exemplo, tem se aproximado de Bolsonaro no cenários estimulados.

Fonte: Veja

OUTRAS NOTÍCIAS:

LEIA: Governo quer privatizar Correios em leilão único; maioria é contra
LEIA: Damares teve ‘caso’ com homem casado, diz blogueiro bolsonarista
LEIA: ‘Véio da Havan’ é convocado para depor na CPI: “Quem não deve não teme”
LEIA: Em ‘defesa’ de Lula, PCO agride militantes do PDT em atos contra Bolsonaro
ASSISTA: Vídeo: Ciro Gomes fala sobre ser de ‘esquerda’ ou de ‘direita’

Gravações apontam Bolsonaro envolvido em esquema de corrupção

Gravações inéditas apontam o envolvimento direto do presidente da República, Jair Bolsonaro, no esquema ilegal de entrega de salários de assessores na época em que ele exerceu seguidos mandatos de deputado federal (entre os anos de 1991 e 2018).

Leia a matéria completa aqui.

Manifestantes lotam Avenida Paulista em novo ato contra Bolsonaro

Uma multidão lotou a Avenida Paulista neste sábado (3) em um novo protesto contra o governo Jair Bolsonaro (sem partido) na capital  de São Paulo. O ato aconteceu pacificamente, mas houve confusão após depredação e ataques a policiais feitos por um pequeno grupo, no momento da dispersão. Militantes do PSDB Diversidade foram agredidos durante o ato por um grupo que utilizava camisas e símbolos do PCO.

Leia a matéria completa aqui.

Presidenta da Juventude Socialista de SP convoca para ato contra Bolsonaro

“É uma honra assumir esse desafio, mergulhar de cabeça num trabalho de militância que eu já faço há anos, mas que agora eu posso ajudar a construir na mobilização da juventude de São Paulo a partir de um projeto de país”. É assim que a advogada Amanda Salgado, 25 anos, recém-empossada presidenta da Juventude Socialista do PDT-SP da Capital, inicia a entrevista que concedeu ao Brasil Independente.

Leia a matéria completa aqui.

Veja mais notícias no BRI.

Compartilhe

Written by:

1.708 Posts

Siga nossas redes! https://linktr.ee/brasilindependente
View All Posts
Follow Me :

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.