Lupi sobre China e EUA apoiarem quebra de patentes: “Não é hora de ganhar dinheiro”

O presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, comentou em entrevista exclusiva ao Brasil Independente sobre o fato de países líderes mundiais como China e EUA terem declarado apoio à quebra de patentes das vacinas contra o coronavírus: “Não é hora de ganhar dinheiro, é hora de salvar vidas”, disse Lupi.

Assista a resposta de Lupi:

“Esse é um tema fundamental, de suma importância, que a gente tem que ter coragem para enfrentar. Nós fomos o primeiro partido, em dezembro já estávamos defendendo a quebra de patentes”, afirma o mandatário pedetista, lembrando que a eleição de Joe Biden trouxe uma mudança positiva no mundo ocidental.

“Confesso que não entro na discussão mais aprofundada do caráter ideológico da eleição do Joe Biden. A discussão pra mim é que ele venceu o ‘coisa ruim’, o ‘capeta encarnado’. Isso já um avanço pra sociedade. Retomou a filiação dos EUA na OMS. Não estou imaginando que o Biden seja um socialdemocrata, um socialista, não é essa a minha discussão. Ele é um humanista e ele, como humanista, sendo sucessor do desumano Donald Trump já é um grande avanço” – Presidente do PDT, Carlos Lupi

Lupi pontuou que sua opinião vai além da questão pontual causada pela epidemia global de covid-19 “Eu sou mais profundo, eu acho que a medicina não deveria ter patente. Isso é minha modesta opinião. Vida não pode ser patenteada, ninguém pode ganhar dinheiro com a vida, com a saúde. Isso é minha visão de mundo. De repente eu estou errado e os outros tem razão, mas é meu direito como cidadão de ter essa visão”, colocou.

“Só que tem um agravante: nós estamos numa pandemia que está matando milhões no mundo inteiro. Como alguém pode querer ganhar dinheiro com a morte? As fortunas que mais cresceram nos últimos anos foram de donos de hospitais e de donos de redes de fabricação de insumos médicos. Quintuplicar a fortuna de grupos que tem domínio sobre a questão da saúde da população. Isso é um absurdo” – Presidente do PDT, Carlos Lupi

Assista a entrevista completa com Carlos Lupi:

O presidente do partido de Ciro Gomes mostra indignação quanto à lógica do lucro ser levada em conta em um momento como o atual. “E as mortes? Como é que fica? Quem substitui um ente querido? Um pai, um filho, um irmão, um amigo?”, indagou, completando: “A quebra de patentes nesse momento é mais fácil da população entender, porque como que você tem que pagar dinheiro, ágio, que esse é o mundo real, pra quem fabrica uma vacina pra defender a vida. Que amanhã pode ser a vida irmão do dono dessa patente?”.

“Quebrar as patentes hoje é uma questão de humanidade, de solidariedade humana, de respeito à vida. Será que não são capazes de entender que não é hora de ganhar dinheiro? Que não é hora de aumentar o lucro? Que tem a vida em jogo? Leonel Brizola dizia: nada, nada, tem mais valor do que a vida humana. Nós somos essencialmente humanistas. Não é hora de ganhar dinheiro, é hora de salvar vidas” – Presidente do PDT, Carlos Lupi

VEJA: Vídeo: Kátia Abreu detona Ernesto Araújo; “negacionista compulsivo”

Depoimento de Ernesto Araújo na CPI é desmentido por reuniões e dados

O ex-chanceler Ernesto Araújo afirmou em seu depoimento na CPI da covid-19, nesta terça-feira, que o Brasil foi o primeiro a receber vacinas da Índia e que o governo atuou desde a definição da Covax da aliança mundial de vacinas, em junho de 2020. Mas os dados se contrastam com a narrativa apresentada pelo ex-ministro.

Leia a matéria completa aqui.

LEIA: Trabalhar ‘demais’ mata quase 1 milhão de pessoas por ano no mundo, revela estudo

Vice-presidente do PT sobre Paes vice de Lula em 2022: “Seria um ótimo nome”

Vice-presidente nacional do PT, Washington Quaquá (RJ) vê com bons olhos uma chapa com o prefeito do Rio de Janeiro (RJ), Eduardo Paes (PSD), como vice de Lula nas eleições de 2022. “Seria um ótimo nome”, opina Quaquá.

Leia a matéria completa aqui.

LEIA: Texto em que Ernesto Araújo fala do “comunavírus”

Vídeo: Câncer de Covas foi ‘agravado’ por uso de máscara, diz deputado bolsonarista

Vice-líder do governo Jair Bolsonaro na Câmara, o deputado bolsonarista Giovani Cherini (PL-RS) afirmou durante reunião da Comissão e Constituição e Justiça (CCJ) na manhã desta segunda-feira (17) que o uso de máscara para proteção contra a Covid-19 agravou o câncer que vitimou o prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB).

Veja o vídeo e leia a matéria completa aqui.

LEIA: Em vídeo, Bolsonaro detona isolamento social: “Idiotas que até hoje ficam em casa”

Ambev e Heineken são autuadas por trabalho escravo de imigrantes, diz jornal

Uma reportagem do jornal El País traz a denúncia de que duas das maiores cervejarias do mundo, as multinacionais Ambev e Heineken foram autuadas por ‘trabalho escravo’, ou seja, condições análogas à escravidão impostas aos trabalhadores e trabalhadoras em São Paulo, em sua maioria imigrantes venezuelanos.

Leia a matéria completa aqui.

LEIA: Ciro Gomes muda tom para ser ‘menos professor e mais pregador’ em 2022

Rumo a 2022, Ciro Gomes monta propostas para classe média

O ex-ministro Ciro Gomes (PDT-CE) tem reunido o seu time de economistas pensando em propostas para classe média em 2022. Com a polarização entre Bolsonaro e Lula, o presidenciável pedetista se consolidou como uma terceira via eleitoral e busca soluções para diversos setores do país que foram abandonados nas últimas décadas, como a classe média brasileira.

Leia a matéria completa aqui.

Veja mais notícias no BRI.

Facebook Comments Box
Compartilhe

Written by:

1.389 Posts

View All Posts
Follow Me :

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *