Apoie

Diretor pede afastamento de presidente da CBF, acusado de assédio

Por 2 semanas atrás

Presidente da CBF acusado de assédio – O diretor de Governança e Conformidade da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), André Megale, escreveu um e-mail a Rogério Caboclo, presidente da organização, sugerindo que ele se licencie do cargo enquanto as investigações contra ele estiverem em curso. Caboclo foi acusado por uma funcionária de assédio sexual e moral.

No texto enviado a Caboclo neste sábado (5), Megale diz que a saída do cargo deve ocorrer por tempo determinado. “Venho, pelo presente, recomendar que V.Sa. se licencie do cargo de Presidente da CBF, por tempo determinado, de forma a melhor colaborar, nesse período, com a Comissão de Ética do Futebol Brasileiro para a apuração dos fatos narrados na referida denúncia e comprovar sua inocência”, diz o e-mail.

LEIA: Datena na TV: fonte garante que ‘Copa América não será mais no Brasil’
ASSISTA: Vídeo: Capitão da Seleção diz que atletas ‘estão juntos’ contra Copa América
LEIA: Capitães das seleções da Copa América recusam reunião com Bolsonaro, diz site

Conforme revelado pelo Globo Esporte, a funcionária alega que o presidente da CBF acusado de assédio a humilhava em público e insultava. Em um dos casos, ela foi chamada de “cadelinha” por Caboclo, que ainda teria oferecido biscoitos de cachorro a ela e simulado latidos.

A situação ocorreu na casa do dirigente, em São Paulo. Um dia depois, a mulher confrontou Caboclo sobre os comentários, expondo a ele que se sentiu humilhada e ridicularizada. O presidente da CBF então disse que não se intrometeria mais na vida dela, mas exigiu que a funcionária rompesse com qualquer relação pessoal ou de amizade com pessoas da entidade.

LEIA: Thiago Manga: “A Copa América foi o último suspiro de Bolsonaro”
LEIA: Desemprego: brasileiros há mais de 2 anos sem trabalho
LEIA: Opinião: “Na crise, é hora da sociedade ocupar as ruas”

Naquele mesmo dia, Caboclo também teria tentando regular as roupas da funcionária, alegando que não eram compatíveis com a função que ela exerce na CBF. De acordo com a denúncia, o presidente da entidade teria exigido que ela mudasse a maneira de se vestir e chegou a oferecer dinheiro para que ela comprasse novas roupas.

A denúncia contra Caboclo foi protocolada na comissão de Ética da CBF e a Diretoria de Governança e Conformidade.

LEIA: Manifestações: mídia brasileira oculta mobilizações contra Bolsonaro
LEIA: Reforma tributária de Guedes quebra promessa de campanha

Confira o e-mail completo:

Fonte: Fórum

Intubado no RJ, pastor R.R. Soares ensinava oração para ‘expulsar’ covid

R. R. Soares, pastor fundador da Igreja Internacional da Graça de Deus, foi intubado neste sábado (5) devido a complicações no quadro de Covid-19, segundo informações do site Metrópoles. Ele está internado desde sexta-feira (4) no Hospital CopaStar, em Copacabana, no Rio.

Leia a matéria completa aqui.

Para entender a crise na Colômbia: explosão social e fim do uribismo

No último mês a Colômbia viveu momentos de grande esperança, assim como de grande tristeza e incerteza: por um lado, a maior mobilização da história recente do país e, por outro, uma repressão estatal sem precedentes.

Leia a matéria completa aqui.

Uma nova era econômica: o que esta havendo com a inflação?

A reunião do mais importante comitê econômico do Federal Reserve, o banco central dos Estados Unidos, em dezembro foi rotineira. Os participantes concordaram em que a economia tinha capacidade de lidar com o nível crescente de gastos “sem qualquer pressão forte de alta sobre os preços”.

Leia a matéria completa aqui.

Veja mais notícias no BRI.

Facebook Comments Box
Compartilhe
Leave a Comment

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked*