Vídeo: Deputado acusado de corrupção leva invertida em reunião

Deputado acusado de corrupção – Líder do governo Bolsonaro na Câmara dos Deputados, o deputado federal Ricardo Barros (Progressistas-PR) passou por uma saia justa em sessão da Comissão Especial da Câmara para tratar do voto auditável no Brasil.

Enquanto defendia mais tempo para analisar o projeto do voto impresso, uma voz ‘entrou’ na transmissão e cobrou o parlamentar acusado de estar envolvido no escândalo de propina em compra de vacinas, o chamado “Escândalo Covaxin“.

OUTRAS NOTÍCIAS:

LEIA: Prefeito do Rio, Paes diz que Lula pode ter ‘outro adversário’ em 2022
LEIA: Ciro Gomes ao The Guardian: “Lula mentiu ao povo brasileiro”
LEIA: Reforma tributária zera impostos em paraísos fiscais e corta vale-alimentação

“Deixa de ser irresponsável! Vai tirar R$ 2 bilhões de onde? Da vacina?”, disse um dos participantes, no que outro complementou com ironia: “Tira do Fundão”. A referência é em relação ao Fundo Partidário, que foi aumentado em votação no Congresso Nacional de R$ 2,1 bilhões para R$ 5,7 bilhões.

Assista:

OUTRAS NOTÍCIAS:

ASSISTA: Ciro Gomes se posiciona sobre crise em Cuba: “Não temo debate”
LEIA: Zambelli critica fundo eleitoral triplicado, mas votou sim para LDO
LEIA: PDT vai ao STF para obrigar Lira a analisar pedidos de impeachment
LEIA: Gleisi Hoffmann propõe financiar torcidas organizadas e Gaviões repudia

Bolsonaro despenca nas pesquisas e 51% dos brasileiros acha governo ‘péssimo’

O povo brasileiro não tem a melhor impressão de seu presidente. Ao contrário: para a maioria da população, Jair Bolsonaro é desonesto, falso, incompetente, despreparado, indeciso, autoritário, favorece os ricos e mostra pouca inteligência.

Leia a matéria completa aqui.

LEIA: 6 de cada 10 brasileiros rejeitam Bolsonaro para 2022, diz Datafolha
LEIA: Mensagens apontam atuação de Michelle Bolsonaro no caso Covaxin, diz site

Entidades de advogados e magistrados repudiam ‘ameaça’ de militares

Associações de juristas, advogados, magistrados e também a Central dos Sindicatos Brasileiros (CSB) divulgaram uma nota conjunta em que repudiam os ataques ao Parlamento brasileiro por parte do Ministério da Defesa.

Leia a matéria completa aqui.

LEIA: Ciro Gomes se consolida na 3ª via e quase dobra intenções de voto, diz pesquisa

Viúva de suposto assassino de Marielle fecha delação com MP

Segundo jornalista Guilherme Amado em Metrópoles, a viúva do capitão Adriano da Nóbrega, miliciano que era ligado a Flávio Bolsonaro e que foi assassinado na Bahia no ano passado, está perto de homologar uma delação premiada com o Ministério Público Federal no Rio de Janeiro e o Ministério Público do estado.

Leia a matéria completa aqui.

LEIA: Reinaldo Azevedo dispara: “Nota dos militares é mentirosa e golpista”

Veja mais notícias no BRI.

Compartilhe

Written by:

1.631 Posts

Siga nossas redes! https://linktr.ee/brasilindependente
View All Posts
Follow Me :

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.