Centrais sindicais pedem expansão do vale-gás em reunião com Doria

Centrais sindicais pedem expansão do vale-gás – Coluna Painel da Folha de S. Paulo informa que o governador João Doria voltou a se reunir com centrais sindicais nesta quinta-feira (8) e as entidades saíram do encontro dizendo que esperam uma expansão do vale-gás. Além disso, pede-se novas antecipações do cronograma de vacinação em São Paulo.

Em junho, no lançamento do programa para a compra de botijões, o governo estadual anunciou que cerca de 100 mil famílias em situação de vulnerabilidade seriam contempladas com três parcelas de R$ 100 para o pagamento do produto.

OUTRAS NOTÍCIAS:

LEIA: Bolsonaro despenca nas pesquisas e 51% dos brasileiros acha governo ‘péssimo’
LEIA: Entidades de advogados e magistrados repudiam ‘ameaça’ de militares
LEIA: Viúva de suposto assassino de Marielle fecha delação com MP
LEIA: Atacado por militares, Omar Aziz agradece apoio de Ciro Gomes
LEIA: Reinaldo Azevedo dispara: “Nota dos militares é mentirosa e golpista”
LEIA: Forças Armadas ameaçam ‘reação dura’ caso CPI cite corrupção entre militares

Segundo João Carlos Gonçalves, o Juruna, secretário-geral da Força Sindical, uma nova reunião com Doria sobre emprego e renda dos jovens ficou marcada para o fim do mês.

Representantes das centrais sindicais dizem que têm observado uma tentativa do governador de SP, adversário político de Bolsonaro, de manter diálogo com as entidades mais aberto do que o governo federal, que tem relação conturbada com os sindicatos e movimentos sociais desde o início da gestão.

OUTRAS NOTÍCIAS:

LEIA: Ligada ao PT, CUT não assina nota contra violência do PCO em atos
ASSISTA: Vídeo: ‘Não cansaram de passar vergonha?’, Ciro dispara a bolsonaristas
LEIA: Ex-diretor da Saúde foi preso na CPI após ‘acordo secreto’, diz site
LEIA: Vídeo: Veja discurso de Omar Aziz ao pedir prisão de Roberto Dias

“As centrais sindicais estão dialogando com todos, exceto com o governo federal, que se nega a ouvir a pauta dos trabalhadores. Já é a terceira reunião com o governador. Medidas práticas já foram adotadas, sejam elas no âmbito do enfrentamento à pandemia ou em políticas de proteção à renda e aos empregos”, afirma Antônio Neto, presidente da CSB (Central dos Sindicatos Brasileiros).

Em outro encontro com os sindicalistas, em março, o tucano sugeriu reuniões trimestrais com os trabalhadores.

Antonio Neto registra encontro nas redes sociais

O presidente da Central dos Sindicatos Brasileiros (CSB), Antonio Neto agradeceu Doria por receber as centrais e ouvir suas propostas.

“O movimento sindical estará sempre aberto ao diálogo para encontrarmos os melhores caminhos para os trabalhadores. Parabenizo o Governador João Doria pela disposição em ouvir as propostas dos trabalhadores para a reconstrução do nosso estado”, escreveu Neto, que aproveitou para pedir a saída de Jair Bolsonaro da presidência da República.

“É VACINA, TRABALHO E FORA BOLSONARO!” – Antonio Neto

 

OUTRAS NOTÍCIAS:

LEIA: Polícia investiga estupro em boate no RJ; deputado do PSL e PM são donos
LEIA: Presidente do Haiti é assassinado a tiros em Porto Príncipe
LEIA: Babalaô montará programa de Ciro Gomes sobre questão racial, diz jornal
LEIA: CPI da Covid retira sigilo de informações de celular de policial militar

Gravações apontam Bolsonaro envolvido em esquema de corrupção

Gravações inéditas apontam o envolvimento direto do presidente da República, Jair Bolsonaro, no esquema ilegal de entrega de salários de assessores na época em que ele exerceu seguidos mandatos de deputado federal (entre os anos de 1991 e 2018).

Leia a matéria completa aqui.

Manifestantes lotam Avenida Paulista em novo ato contra Bolsonaro

Uma multidão lotou a Avenida Paulista neste sábado (3) em um novo protesto contra o governo Jair Bolsonaro (sem partido) na capital  de São Paulo. O ato aconteceu pacificamente, mas houve confusão após depredação e ataques a policiais feitos por um pequeno grupo, no momento da dispersão. Militantes do PSDB Diversidade foram agredidos durante o ato por um grupo que utilizava camisas e símbolos do PCO.

Leia a matéria completa aqui.

Presidenta da Juventude Socialista de SP convoca para ato contra Bolsonaro

“É uma honra assumir esse desafio, mergulhar de cabeça num trabalho de militância que eu já faço há anos, mas que agora eu posso ajudar a construir na mobilização da juventude de São Paulo a partir de um projeto de país”. É assim que a advogada Amanda Salgado, 25 anos, recém-empossada presidenta da Juventude Socialista do PDT-SP da Capital, inicia a entrevista que concedeu ao Brasil Independente.

Leia a matéria completa aqui.

Veja mais notícias no BRI.

Compartilhe

Written by:

1.631 Posts

Siga nossas redes! https://linktr.ee/brasilindependente
View All Posts
Follow Me :

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.