Brasil na lista de violadores da OIT é reflexo da reforma trabalhista, diz Antonio Neto

A lista da OIT deve incluir o Brasil por desrespeitar a Convenção 98, que trata do tema “negociação coletiva e representação sindical”

Brasil OIT
O Brasil entrou na lista de violadores das convenções de trabalho da OIT / Foto: Reprodução

Brasil na lista da OIT – A inclusão do Brasil, sob o governo Jair Bolsonaro (sem partido), na lista de países que violam as convenções internacionais do trabalho, que deve ser anunciada nesta terça-feira (20) pela Organização Internacional do Trabalho (OIT), é consequência do desmonte que começou com a reforma trabalhista, ainda 2017, no governo golpista de Michel Temer.

A conclusão é de Antonio Neto, membro da Executiva Nacional do PDT e presidente da Central dos Sindicatos Brasileiros (CSB), que cita ainda a Medida Provisória editada por Paulo Guedes e Bolsonaro que permitiu os acordos salariais sem convenção coletiva.

“Desde a aprovação da Lei 13.467/2017, a Reforma Trabalhista, estamos denunciando o desmonte das Convenções Coletivas o que gera precarização e insegurança jurídica nas relações trabalhistas. No ano passado denunciamos ao STF, a partir de uma ADIN, os absurdos expressos na edição da MP936/20 que autorizava redutibilidade salarial sem acordo coletivo, e mesmo assim o Supremo decidiu relativizar o artigo 8° da Constituição Federal. A pré-inclusão na lista suja da OIT é consequência de anos de ataques aos trabalhadores e ao desrespeito à nossa Constituição e à Convenção 98 da OIT”, disse Neto.

A lista dos países que violam as leis trabalhistas começou a ser elaborada nesta segunda-feira (19) e o rascunho, com 39 países, inclui o Brasil, que deve ser incluído por desrespeitar a Convenção 98, que trata do tema “negociação coletiva e representação sindical”.

Fonte: Fórum

Opinião: O xadrez dos presidenciáveis no Brazil Conference

Neste fim de semana aconteceu a 7ª edição do evento “Brazil Conference”, organizado pelos brasileiros que estudam nas universidades de Harvard e MIT. Foi, sem sombra de dúvidas, o primeiro balão de ensaios da corrida presidencial de 2022. Um aceno importante para diferentes atores e com respostas muito interessantes, afinal um conjunto de falas e gestos como vimos nessa conferência é algo digno de uma análise em camadas. Leia a matéria completa aqui.

Futebol com rosto de Bolsonaro como bola não justifica inquérito, diz MP

O procurador Anselmo Henrique Cordeiro Lopes, da Procuradoria da República no Distrito Federal, arquivou na última sexta-feira (16/4) inquérito policial aberto contra a produtora Gorila Company pela produção de um vídeo em que um molde da cabeça do presidente Jair Bolsonaro é usado como bola de futebol. Leia a matéria completa aqui.

Boulos vai a jantar com presidente de partido ligado à Universal

Pré-candidato ao governo de São Paulo em 2022, o líder sem-teto Guilherme Boulos (PSOL) jantou na noite da última sexta-feira com o deputado federal Marcos Pereira (SP), presidente do Republicanos, partido ligado à Igreja Universal. A conversa serviu para Boulos tentar romper resistências ao seu nome entre os evangélicos. Leia a matéria completa aqui.

Opinião: A Superliga Neoliberal da Europa

O mundo do futebol ficou em polvorosa com o anúncio da criação de uma Superliga envolvendo 12 entre os maiores clubes do planeta, que aguardam a adesão de outros três para iniciarem o torneio de maior rentabilidade financeira do planeta, na palavra dos envolvidos. Leia a matéria completa aqui.

Guedes, Pazuello e Ernesto Araújo terão que depor na CPI da Covid-19

Senadores já têm um plano de trabalho preliminar para o andamento da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid-19. O documento inclui a convocação de ministros e ex-ministros, incluindo o general Eduardo Pazuello, ex-chefe da pasta da Saúde, e o ex-chanceler Ernesto Araújo, além de especialistas como o biólogo Atila Iamarino – que se tornou uma das vozes em defesa das medidas científicas de contenção da pandemia no Brasil. Leia a matéria completa aqui.

Bolsonaro e Lula são dois extremos e PT deveria abrir mão da cabeça de chapa, diz líderança do PDT

Membro da Executiva Nacional do PDT e presidente da Central dos Sindicatos Brasileiros, Antonio Neto acredita que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e Lula (PT) são dois polos que se alimentam e precisam um do outro. Para ele, chegou o momento do PT aceitar o ocupar a vice-presidência, embora essa situação seja “quase impossível porque a vaidade não lhe permite isso”. Leia a matéria completa aqui.

Ciro sobre 2022: “Probabilidade de Bolsonaro estar no 2º turno é quase nenhuma”

O ex-ministro Ciro Gomes (PDT) disse em entrevista para o jornal A Tarde que a chance do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) chegar ao 2º turno nas eleições presidenciais em 2022 é quase nula. Leia a matéria completa aqui.

Rachel Sheherazade processa SBT e acusa Silvio Santos de assédio e censura

Demitida em agosto de 2020, Rachel Sheherazade pede na Justiça uma indenização do SBT no valor de R$ 20 milhões. O Notícias da TV teve acesso ao processo de 522 páginas, no qual ela afirma que nunca recebeu nenhum direito trabalhista, como férias remuneradas e 13º salário, além de acusar Silvio Santos de assédio moral e humilhação em rede nacional e alegar que foi vítima de censura e boicote por parte da chefia de Jornalismo da emissora. Leia a matéria completa aqui.

Veja mais notícias no BRI.

Compartilhe

Written by:

1.631 Posts

Siga nossas redes! https://linktr.ee/brasilindependente
View All Posts
Follow Me :

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.