Após depoimento controverso, CPI ‘apreende’ celular de policial militar

CPI apreende celular de policial militar – Após depoimento controverso e suspeito de ter sido ‘plantado’ pelo governo Bolsonaro para tentar descredibilizar os depoimentos do irmão Miranda, a CPI da Covid acaba de ‘apreender’ o telefone celular do policial militar Luiz Paulo Dominguetti Pereira.

Leia mais informações sobre o depoimento de Dominguetti abaixo:

Matéria publicada pela Rede Brasil Atual aponta que a participação do policial militar Luiz Paulo Dominguetti Pereira, que se apresenta como representante da empresa Davati Medical Supply, foi visto como um “cavalo de Troia” do governo Bolsonaro na CPI da Covid, nesta quinta-feira (1º).

Durante seu depoimento, ele tentou atribuir a intermediação da compra de vacinas ao deputado Luis Miranda (DEM-DF), mas foi desmentido.

Dominguetti foi convocado à CPI da Covid após afirmar que o Ministério da Saúde pediu propina de US$ 1 para acertar a compra da vacina Astrazeneca. Ele confirmou o caso na oitiva e atribuiu o crime ao ex-diretor de logística do Ministério da Saúde Roberto Ferreira Dias.

OUTRAS NOTÍCIAS:

LEIA: PSDB adere a manifestação contra Bolsonaro; MBL avalia adesão
LEIA: Bolsonaro encontrou Ricardo Barros ao menos dez vezes após denúncia
LEIA: Polícia Federal abre investigação sobre o ‘escândalo Covaxin’
LEIA: Internautas cobram ‘sumiço’ de Lula após escândalos no governo Bolsonaro

Entretanto, apresentou um áudio contra Miranda, que revelou, na última sexta-feira (25), outra denúncia de um suposto esquema de corrupção no governo Bolsonaro na compra da Covaxin, com possível prática de prevaricação por parte do presidente.

A tentativa de desacreditar Luis Miranda foi apontada como um “cavalo de Troia” do governo Bolsonaro, nas redes sociais. “Esse Dominguetti é cavalo de Troia. Quem plantou esse cara?”, questionou o jornalista Leandro Demori. “Tudo indica que Dominguetti foi utilizado para tentar desqualificar a denúncia dos irmãos Miranda”, comentou também o deputado federal Orlando Silva (PCdoB-SP).

O deputado Luis Miranda desmentiu a versão de Dominguetti e disse que o áudio tratava da venda de luvas. A informação foi confirmada por outro representante da Davati Medical, Cristiano Alberto Carvalho, ao jornal O Globo. O senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE) ironizou a atitude do depoente. “Melhor resumo até agora: o mal do malandro é achar que só a mãe dele fez filho esperto. Esse depoimento vai render”, tuitou.

OUTRAS NOTÍCIAS:

LEIA: ‘Superpedido’ de impeachment de Bolsonaro é apresentado
LEIA: Ciro Gomes: “Tem que derrubar porque Bolsonaro é um criminoso”
LEIA: Zambelli diz que abandona Bolsonaro ‘se eu souber que ele roubou’
LEIA: Governo Bolsonaro pediu propina por vacina, diz vendedor à Folha
LEIA: Ministério da Saúde suspende contrato para compra da Covaxin

OUTRAS NOTÍCIAS:

LEIA: Thiago Manga: “Bolsonaro é um psicopata vil e genocida. Basta!”
ASSISTA: Vídeo: Ricardo Barros pressionou Anvisa para liberar Covaxin

LEIA: Wizard entrega passaporte à PF ao chegar ao Brasil; CPI na 4ª
LEIA: Conheça Ricardo Barros, apontado em CPI como pivô do escândalo Covaxin

Tática militar

O jornalista Rodrigo Vianna fez uma sequência de postagens mostrando a cronologia do depoimento de Luiz Paulo Dominguetti. Ele lembra que o depoente foi convocado para falar sobre a proposta de propina de Roberto Dias e, sem motivos, apresentou um áudio do deputado Luis Miranda.

“Dominguetti, ao mostrar áudio, tenta induzir senadores à ideia de que Miranda, ao dizer no áudio ‘mermão…’, se referia ao irmão como comprador de vacina numa outra negociação paralela. Dominguetti se trai ao vivo ao dizer que ‘Miranda veio na CPI para acusar o presidente’”, acrescentou o jornalista.

Vianna afirma que tudo indica que o depoimento de Dominguetti foi um “cavalo de Troia”, “Abateu de uma vez Ricardo Barros e ao mesmo tempo Miranda, gerando caos à CPI. Parece uma operação de contra inteligência militar. Dominguetti é cabo da PM de Minas. Ninguém vai perguntar como um cabo passa uma semana em Brasília negociando vacina? Quem autorizou? Esse Dominguetti tem pinta de P2”, alertou.

OUTRAS NOTÍCIAS:

LEIA: Governo Bolsonaro suspeita que Arthur Lira incitou Luís Miranda
LEIA: Ciro Gomes conversa com ‘Turma Boa’ em plenária do ‘Agora É Ciro’
LEIA: Planos devem R$ 3 bilhões ao SUS, valor de 58 milhões de vacinas, diz site
LEIA: Bandeira vermelha sofre reajuste de quase 100%; contas de luz vão disparar

Até Flávio Bolsonaro defendeu

Nas redes sociais, internautas questionaram o fato de senadores da base governista defenderem o depoimento de Dominguetti que, em tese, seria ruim ao presidente Jair Bolsonaro. Até o senador Flavio Bolsonaro (Patriota-SP) interveio em favor do depoente.

“Por que Flávio Bolsonaro está defendendo alguém que foi depor sobre corrupção no governo de seu pai? É guerra de bandido com táticas de milícia”, postou o jornalista e escritor André Fran, em seu perfil no Twitter.

OUTRAS NOTÍCIAS:

LEIA: Em meio a escândalo, Anvisa recebe pedido de uso emergencial para Covaxin
LEIA: Ex-mulher de Pazuello: “Na crise de Manaus, por ele só comprava saco preto”
LEIA: Miranda dá entrevista: “Vão descobrir que R$ 1,6 bilhão não é nada”; veja

Relator da CPI, o senador Renan Calheiros (MDB-AL) pediu a apreensão do celular do empresário Luiz Paulo Dominguetti Pereira. O aparelho telefônico foi encaminhado para perícia.

“Há senadores preocupados com o pedido de apreensão do telefone de Dominguetti. Flávio Bolsonaro é um deles. Renan mandou bem. Governistas estão defendendo demais um denunciante de corrupção no Ministério da Saúde”, comentou o também jornalista Kennedy Alencar.

Fonte: Rede Brasil Atual

OUTRAS NOTÍCIAS:

LEIA: Covaxin: Flávio Bolsonaro abriu portas do BNDES para dono da Precisa, diz Veja
LEIA: Bolsonaro gastou 10x o valor de ponte para inaugurá-la
LEIA: Ricardo Salles pediu demissão após saber que seria preso

RECEBA NO SEU CELULAR AS NOTÍCIAS MAIS IMPORTANTES DO DIA

Telegram: AQUI
Whatsapp: AQUI

SE VOCÊ APOIA O IMPEAHCMENT DE JAIR BOLSONARO, ENTRE NESSES GRUPOS:

Facebook: AQUI
WhatsApp: AQUI
Telegram: AQUI
Instagram: AQUI

Luis Miranda: “Se Pazuello falasse o que me falou dentro de uma aeronave..”

O deputado federal Luis Miranda (DEM-DF) se manifestou nas redes sociais após a notícia de que a ex-mulher do ex-ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, procurou a CPI da Covid para se oferecer como possível depoente.

Leia a matéria completa aqui.

Conversa com Bolsonaro foi gravada, sugere Miranda: ‘Vai ficar ruim’

Matéria do Estadão assinada pela jornalista Camila Turtelli informa que após depor por 7 horas e meia na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid, o deputado Luis Miranda (DEM-DF) diz ter cumprido sua missão e estar tranquilo sobre a possibilidade de ser acusado de mentiroso pelo presidente da República, Jair Bolsonaro.

Leia a matéria completa aqui.

LEIA: Servidor do Ministério da Saúde depõe na CPI: “Meu partido é o SUS”

Ciro Gomes exige impeachment de Bolsonaro: ‘Vamos assistir de braços cruzados?’

O pré-candidato à presidência Ciro Gomes (PDT) foi às redes sociais na noite desta sexta-feira (26) e na manhã deste sábado (27) exigir em texto e vídeo que um processo de impeachment contra Jair Bolsonaro seja aceito na Câmara dos Deputados.

Leia a matéria completa aqui.

LEIA: Ciro Gomes ‘explode’ em pesquisa e chega a mais de 15%, diz Exame/Ideia

Impeachment de Bolsonaro: Centrão prepara desembarque, diz site

Nota de O Antagonista traz a ‘bomba’: “Em privado, chefões do Centrão já admitem a possibilidade de abandonar em breve o barco do governo”.

Leia a matéria completa aqui.

Indígenas recusam vacina após ação de pastores: “Marca da Besta”

Matéria do UOL assinada pelo jornalista Wanderley Preite Sobrinho informa que missionários evangélicos têm espalhado mentiras sobre a vacina contra a covid-19 em aldeias na região Norte do Brasil, segundo requerimento entregue à CPI da Covid.

Leia a matéria completa aqui.

LEIA: Daniel Silveira é preso de novo após tirar tornozeleira 30 vezes

Compartilhe

Written by:

1.631 Posts

Siga nossas redes! https://linktr.ee/brasilindependente
View All Posts
Follow Me :

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.