Agora é Ciro: Ciristas do Vale do Paraíba iniciam organização para 2022

Agora é Ciro no Vale do Paraíba – Na sua terceira parada pelo estado, o movimento ‘Agora é Ciro’ chegou ao Vale do Paraíba e reuniu militantes pela candidatura do ex-ministro Ciro Gomes de mais de 10 cidades que englobam a região.

Organizada pelo vice-presidente do diretório municipal do PDT na cidade de Guaratinguetá, o professor José De Paula Santos, o evento aconteceu na noite da última terça-feira (30) de forma virtual em respeito às medidas sanitárias essenciais nesse momento de pandemia que assola o país.

“A ideia aqui é reunirmos todo mundo que já votou, ou agora pretende votar, no Ciro Gomes dando apoio nas suas regiões e cidades durante a campanha. Principalmente no interior, o sentimento de que as vezes somos vozes solitárias nesse processo é muito forte e o Agora é Ciro veio para mudar isso.” completou José De Paula.

O movimento ‘Agora é Ciro surgiu da percepção de algumas lideranças ciristas e pedetistas no estado de São Paulo para a urgência em se organizar a militância e a campanha do presidenciável pedetista com antecedência e não aguardar pelo ano da campanha, visando maximizar os resultados em relação ao último pleito, quando Ciro obteve 12% dos votos com uma campanha pouco organizada.

“Vivemos um momento muito difícil, as mortes da pandemia estão chegando cada vez mais perto e infelizmente temos um governo ‘factóide’ que se alimenta de crises. Precisamos lutar para em 2022 elegermos um projeto de país diferente do passado entreguista e do presente genocida em que o Brasil se encontra.” completou Antonio Neto, presidente do PDT na capital paulista.

No próximo sábado (03) o movimento desembarca na capital paulista, maior colégio eleitoral do estado, e pretende realizar a reunião de maiores proporções até o momento antes de retornar para a organização de simpatizantes do PND de Ciro Gomes pelo interior de São Paulo.

Se inscreva para o ‘Agora é Ciro’ da capital paulistana aqui.

Veja outras matérias sobre o movimento aqui e aqui.

Ciro Gomes fala à imprensa internacional e denuncia genocídio no Brasil

(30/03) – Ciro Gomes (PDT) denunciou o governo de Jair Bolsonaro à imprensa internacional nesta terça-feira (30). Em uma reportagem do jornal DW Global, o ex-ministro disparou contra Bolsonaro e afirmou que o presidente está cometendo um genocídio no Brasil.

A matéria traz o ativista brasileiro Rafael Puetter – conhecido como Rafucko – vestido como ‘Grim Reaper’, o símbolo da Morte, que anda pelas ruas de Berlim para chamar a atenção à crise enfrentada pelo Brasil no combate à covid-19. “Eu quero fazer da Morte, esta entidade, um símbolo oficial do governo brasileiro, porque basicamente o governo está trabalhando para promover a morte. Mas minha Morte está exausta.”, provoca.

A produção registra que Bolsonaro tem sido amplamente criticado pela forma como tem lidado com a crise da Covid-19: o presidente minimizou a severidade da doença, encorajou aglomerações, desestimulou o uso de máscaras e espalhou temor sobre as vacinas.  “Vão viver suas vidas, parem de chorar como maricas”, atribuem a uma fala de Bolsonaro.

Ciro Gomes entra no vídeo e dispara: “Bolsonaro é um genocida psicopata”, pedindo ajuda internacional para conter o presidente. A DW Global lembra que Bolsonaro pediu à Polícia Federal para investigar Ciro por ‘ofensa à honra’.

Veja a matéria completa aqui.

Compartilhe

Written by:

1.631 Posts

Siga nossas redes! https://linktr.ee/brasilindependente
View All Posts
Follow Me :

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.